quinta-feira, 12 de julho de 2018

As Máscaras.

        ( Do Projeto Um Olhar Tão Meu. / Tata Junq )

As Máscaras.
Eu as fiz.
( Com exceção,a que veio do Chile,presente da filha.)
Fizeram parte de uma exposição,em escola ... Espaço Cultural.


**************************
Bom ... uma pesquisa abreviada,informativa:

Ao longo da história da humanidade, as máscaras foram utilizadas com os fins mais distintos, de acordo com a cultura e a religiosidade do povo que as adotavam. Geralmente elas permitiam o acesso a universos regidos pela imaginação ou a dimensões espirituais invisíveis. Os contadores de histórias assumiam muitas vezes o uso das máscaras para dar mais vida às suas narrativas, enquanto muitos eventos próprios da Natureza, mas que não se podiam ainda explicar, eram compreendidos através do recurso a estas ferramentas de ilusão e dissimulação.
Elas desempenharam, em muitas civilizações, o papel espiritual, como instrumentos principais em rituais sagrados. Assim foi na África, quando eram elaboradas por mãos artísticas, com feições distorcidas, proporcionalmente maiores do que as normais, constituídas de cobre, madeira ou marfim; no Egito Antigo, onde mascaravam as múmias prestes a serem enterradas, enfeitadas com pedras preciosas; entre os indígenas norte-americanos, habitantes do noroeste dos EUA, bem como os Hopi e os Zuni, em solenidades nas quais pranteavam seus entes queridos que haviam partido para a espiritualidade.
Os nativos brasileiros, em suas cerimônias, portavam máscaras simbolizando animais, pássaros e insetos; na Ásia, elas eram assumidas tanto em ritos espirituais quanto na realização de casamentos; em várias tribos primitivas, os índios mais velhos usavam máscaras em cerimônias de cura, para expulsar entidades negativas, com o objetivo de unir casais em matrimônio ou nos rituais de passagem, momentos marcados pela transição da infância para o mundo dos adultos.
As máscaras também tinham características simbólicas, como se verifica nas tribos de esquimós que residem no Alaska. Eles acreditavam na dupla vida de cada ser, de um lado humana, de outro animal. Desta forma, as máscaras também eram produzidas com uma feição duplicada; em algumas festas erguia-se a mais externa, revelando a outra, até então oculta.

No mundo ocidental os antigos gregos foram pioneiros no uso das máscaras, adotadas nas festas dionisíacas, perpetradas em homenagem a Dionísio, divindade responsável pelo vinho e pelos rituais de fertilidade. Nessas ocasiões, todos dançavam, cantavam, se embriagavam e realizavam orgias, evocando a presença do deus através do emprego da máscara. A Grécia foi também o berço do Teatro, modalidade artística que recorria constantemente ao encantamento das máscaras, até mesmo como uma forma de evitar que os atores incorporassem os mortos. Atualmente ainda se vê este hábito perpetuado no Japão.
Com a queda do Império Romano, os cristãos primitivos praticamente proibiram o uso das máscaras, considerando-as instrumentos do paganismo. Na América, elas desembarcaram junto com os europeus que para lá se transferiram, tanto como brinquedos infantis, quanto para bailes e outras festas. Em Veneza, no século XVIII, as máscaras transformaram-se em itens de consumo cotidiano por todos os seus habitantes, velando apenas o nariz e os olhos. Logo foram proibidas, pois dificultava a ação da polícia na identificação de criminosos, muito comuns nesta cidade naquela época.
Atualmente elas são utilizadas em festas tradicionais, no Halloween, o famoso Dia das Bruxas, e no Carnaval; bem como em determinadas práticas profissionais, como a do apicultor, que assim se protege do ataque das abelhas; ou em certos esportes, como a esgrima.

Fontes

Arquivado em: ArtesCuriosidades

_______________________________
****************************************************************
Os Mascarados
Não falo ao "sabor" literal ...
Há quem se mascara ...
Mas com propriedades,o "tempo" se encarrega de derrubá-las.
( Máscaras.)
Creio que haja revelações.
Vantagens?
Nenhuma.
Ou as há?
Quem ganha ou perde?
Credibilidades são fundamentais?
(Na perda delas,o que restará?)
Ahhh ... essa vida!
Máscaras!
Prefiro o Carnaval das Máscaras,num cortejo antigo.
(Pierrôs e Colombinas.)
Ou vê-las em Museus de Artes.
É deprimente ver uma "máscara" cair e ter de medir caratismos.
(Ser humano.)
Tata Junq


terça-feira, 10 de julho de 2018

Crônicas Esparsas: E chorou ...

Resultado de imagem para Bebado desenho
(Bêbado- Desenho de padreko1981 - Gartic)
(Imagem por pesquisa / Google.)

*************************************************

Ele.
Mijou no poste,qual cachorro.
Nem disfarçou.
Subiu aquele cheiro de urina podre.
Ela.
Pensou em correr para o beco,chegar antes dele e manter integridade física de
Doinho.
Sempre era assim ... ele descontava no menino.
Mas ainda pode vê-lo vomitando ...
Desejou sua morte.
E ao mesmo tempo sentiu arrepios de arrependimentos e desejos.
Como se mergulhasse na cama,como muitas vezes ousaram,gemer de prazer.
Aquele homem fora seu homem,o primeiro.
Hoje é trapo,farrapo fétido.
Viu ainda ele escorregar no vômito,sem noção de rumo.
Nem a viu .... seus olhos não mais chapiscam desejos.
Ela caminha lentamente ... não precisará mais correr em desalinho,depois de estar com
Teco.
Nem tentar trancar a porta com ferrolhos,impedindo sua entrada.
Nem espiá-lo no relento,com pena.
Nem jogar um cobertor em seu corpo magro e patético.
E chorou sua morte por antecipação.


Por :Tata Junq

E ...



                                                     ( Caras & Bocas da Tata.)
Segurei emoção,
nas pontas dos dedos.
Escapou.

Inundou como enchente de rio.
E você,sequer viu.

Morreu.

Escafedeu.

Criou asas,
voou derradeira.

Uma dor passageira.

Tata Junq
* Quando criar faz parte.

sábado, 7 de julho de 2018

"Diz que me acha foda!!!!" #musicandoavida

- Muito riso,pouco siso,menina!

E ela gargalhou,engasgou,tossiu.
Riu... riu...riu ...como longo rio,em curso ritmado.

...

Espelho que espelhas,espelho ...
Quem sorri como eu?
E rio,qual rio.

Melhor rir do que chorar.

E rio,em rio.
Em águas límpidas,na transparência.

Ai de mim,Serafim!
Ai de ti,Sebastião!

E navego na canção.



Tata Junq

Onomatopoesando.

                                               ( Imagem por pesquisa. / Google.)


Tic-tac ... tic-tac ...
Tic-tic ...
Triiiimmmmmm!!!!!
No tempo.
Em tempo.
Marcado o tempo.
Invento de te lembrar.
Aperto a trava.
Não quero acordar.

Deixa pra lá!
Sem inventar o sonhar!
Chuá!

Tata Junq

Pensamentos pendurados no varal.


                                                     (Um Olhar Tão Meu / Tata Junq)

 (Presta atenção à data.)
E ...
Continuo olhando o céu.
(A cada dia.)
Do quintal ...
No breu da noite ... 
Ela está.
(Como a vigiar-me.)
Retiro roupas do varal e a espreito também.
E,penduro pensamentos.
Não há ventos.
Não há sereno.
Não há motivos,para irem longe.
Penduro um a um e me entristeço.
E ...
Sem alquebrantar  o olhar e mantendo o fascínio de instantes...
Eu a leio.
Ela me lê.
Havendo segredo.
Ela fica.
Eu ...
recolho-me.

Tata Junq


quinta-feira, 5 de julho de 2018

Pensamentando & Musicando #musicatudodebom ( Montenegro.)





Folha em branco não há.
Há sonhos em branco.
A colorir?
Em belezas escondidas ...
Passo o traço,ponho a vírgula e acabo sempre na reticência.
Sem ser,sendo.
E não há quem entenda esse não sonhar,sonhando.
Não por dom das palavras,que escapam, por apenas,um olhar contemplativo.
Onde a distância faz morada.
Sem alcance.
Sonho de um,não cobre dois.
E, o amar,vira verbo sem conjugação.
Não há presente,nem futuro,tão pouco,passado.
Cabe apenas o pronome egoísta,eu.
Eu sozinho,que pontua letras,de um sonhar vazio.
Sonho de um,não cobre dois.
Sonho de um,não move dois.
Sonho de um,desliza,qual gota ... e chove ... caindo ao chão.

Tata Junq

*  Cabe o "Criar faz parte".

quinta-feira, 28 de junho de 2018

#musicatudodebom O poder das palavras ...



Sonhar é preciso.
Amar é preciso.
Viver é preciso!

( Fica a dica.)

Tata Junq

Pensamentando " cá com meus botões ...."Onde?

                                                           ( Do Projeto,Um Olhar Tão Meu. / Tata Junq. )

Sabedoria popular : " Onde está tu,rabo de tatu?"


Quem perdeu-se?
Quem achou-se?
Quem foi achado?
E dizem " que achado,num é roubado"!!!!

Quanta bobagem!
Bobagem?
Creio nas verdades,nos duendes e fadas.
( Entre loucuras e sanidades.)
Creio no achar.
Creio no encontrar-me ... aos poucos.
Aos poucos,delineio-me.
Entre pausas,defino-me.
E mudo,e transformo-me.
Se bem ou mal ... bom ou ruim ... sou um ser transformado,diariamente.
Há prós e contras.
Muitos contras!
E na tarefa,nada simplista,justifico meus -Ais!
E o dia,amanheceu frio ... mas bonito.
E,fui buscar nas plantas e flores,motivos.
A Natureza nos ensina ... que grandiosidade é a vida!

Tata Junq

Meu bom dia!

                                                    ( Caras e Bocas da Tata.)

Dizem que de "boas intenções,o inferno está cheio"!
Pode até ser.
Quem garante,quem é quem ... ou intenções de.
Mas eu ainda creio nas boas intenções ...
Em meio às reflexões diárias ... asseguro:
- Dou importância às delicadezas possíveis de partilhas.
Deixando meu bom dia,e um café!
- Feliz dia,amizades!

Tata Junq

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Pensamentando / Risos / Menino triste ...um dia.qualquer de 1970.

                                                   (Caras & Bocas da Tata.)

Em prosa ou em verso,encanta-me sorriso seu.
E muito mais,quando soma-se ao meu.
Sorrir junto é abraço.
Um gozo,que não sexo.
Contágio de alegrias,supostamente,declarativas.
Leveza.
Que seguramente,vira risos,ou gargalhadas.
E eu rio,agora de nossas risadas.
...

Um dia,conheci um menino triste,que ficava na janela de sua casa,
apreciando movimentações da escola.
Seu olhar era ávido de curiosidade,mas triste.
Mas um dia,fraguei-o a sorrir.
Vibrava com um jogo improvisado no pátio.
Era como um pássaro aprisionado.
No ano seguinte foi matriculado na escola.
Foi durante tempo,sofredor de"bullying"...
Coisas de jovens,imaturos e ou,babacas.
( Você escolhe a opção.)
No ano seguinte,não fiz mais parte do corpo docente.
Nada mais soube dele.
Hoje,falando de sorrisos ... lembrei-me dele.
Que sorriso lindo,vi.
Que importância havia pra ele,o que seu olhar alcançava.
Prazer,na admiração do futebol de outros meninos.
Talvez,como se a poder estar lá,realizando jogadas.
Hoje pude sorrir ... como se eu também tivesse jogado uma pelada.
E,na esperança,que ele possa ter tido ou tenha,sorrisos trocados,risos,gargalhadas.
Tomara,que o menino triste,seja hoje um homem-sorriso!
Tomara.
Tomara!
E sorrio em pensamentos,por mim e por ele.
Em gratidão pela vida.

Tata Junq

Pensamentando ...ainda posso. LIBERDADE DE EXPRESSÃO,SEMPRE!!!!!

                                ( Imagem por pesquisa. / Google.)
                                ( Sugestão de LIBERDADE,apenas. / Desconheço a autoria da linda foto.)

Vive-se de prioridades ...
Assim caminha a humanidade.
Não sei o que você,que me lê, prioriza.
Eu?
Nasci pra ser livre,no pensar,no agir.
E aprendo a cada dia,que do outro lado,está outro ser,que nem sempre pensa e age como eu.
Tarefa fácil?
Claro que não.
Então,vejo argumentações agressivas de cá e de lá,no que diz respeito à Copa do Mundo.
Irritada fico,sou humana.
E também penso,que intelectuais soberbos,falam a si mesmos e atingem um público restrito,em concordâncias.
(Que não sei se,para fazer média,por ser "vaquinha de presépio",ou se partilham 
da mesma idéia.)
E lamento.
Lamento,por pessoas,que ao expressarem-se,ofendem outras, por não estarem em concordâncias.
Polidez é educação e,intelecto ...aras ... talvez seja para poucos,em oportunidades.
Amo poder pensar ... e fazer minhas escolhas.
Não aprecio pessoas soberbas!
Creio,que a simplicidade,não seja feia.
Mas ...
LIBERDADE DE EXPRESSÃO,SEMPRE!!!!

Tata Junq

domingo, 24 de junho de 2018

Prosopoetando & Musicando "Ahhh...como eu amei..."



                                          ( Caras & Bocas da Tata.)
Amei-te.
Não mais.
Nem menos.

Num tempo de floradas matinais.
Versos e adversos.
Amor roubado,
nascido de um sorriso,
encantado.

Ahhh ...
Como amei.
A mais,
que menos.

E no abandono
de
mim,
fui feliz.

Ahhh ...
Como amei!
Sem travas,
sem lacres.

Ahhh ...
Como amei!
E pega em laços,
no descompasso,
me
perdi.

Ahhhh ... até hoje,
não 
me
encontrei.

Amei,
bem mais
que menos,
na medida 
exata
de
meus
sonhos.

Quando em acordes,
acordo,
em canção,
revives.

Ahhhh ... como te amei!
Bem mais,
ou menos ...
Ou mais ou menos.
Ou tudo,ou nada,
merecido
ou
a mereceres.

Hoje,bem menos
Hoje,quase nada.

Amor matado,
morrido,
em cinzas.
Que sopro ao vento,
ao alcance do céu,
do dezembro.

Dia?

Do sorriso,
do olhar,
do descompasso.

Me perdi
de
mim,
na 
Geografia estanque,
daquele instante.

Se morto amor,
por quê
lembrado?

Ahhhh ...como amei !

E,num breve momento,
coloquei-me ao teu lado.

Lembrei-me do amor.
E alerto-me em amar,
no breve
instante de ter amado,
sem pedido.

Perco-me no seu encanto,
mais uma vez,
a mais.

E,fico no menos,
devendo-me,
por ter 
te
deixado.

Ahhhh ... como te amei!

A mais,do que deveria ter amado.
Bem a mais!
Bem a mais,
que
menos!

Ahhh ... como te amei ...

E canto.

Tata Junq

Ilustrando & Musicando ..."Como eu sou um girassol Você é meu sol..." ( Sentir ...curtir ...é isso. )



A imagem pode conter: nuvem, céu, flor, atividades ao ar livre e natureza
( Imagem por pesquisa. / Google.)




Ira! - Girassol

Eu tento me erguer Às próprias custas E caio sempre nos seus braços Pobre diabo é o que sou... Um girassol sem sol Um navio sem direção Apenas a lembrança Do seu sermão... Você é meu sol Um metro e sessenta de cinco De sol E quase o ano inteiro Os dias foram noites Noites para mim... Meu sorriso se foi Minha canção também Eu jurei por Deus Não morrer por amor E continuar a viver... Como eu sou um girassol Você é meu sol...(3x) Eu tento me erguer Às próprias custas E caio sempre nos seus braços Pobre diabo é o que sou... Um girassol sem sol Um navio sem direção Apenas a lembrança Do seu sermão... Morro de amor E vivo por aí Nenhum santo Tem pena de mim... Sou agora Um frágil cristal Um pobre diabo Que não sabe esquecer Que não sabe esquecer... Como eu sou um girassol Você é meu sol...

sábado, 23 de junho de 2018

Prosopoetando & Musicando & Fotografando Momento.( Entre tantos ....)


                                                    ( Caras & Bocas da Tata.)

No abismo do sentir,
mergulho.
E a cada centímetro,
o ar falta.
Menos coragem.

Quando chegar ao fundo-limite,
encontro-me?
Creio,que me desconheço.

Há um começo,um meio,um fim?
Fim de mim é começo.

Tata Junq


#musicatudodebom Só pra sentir.



*** Uma das músicas mais sensíveis e profunda ...
Lá pro fundo ...
Tata Junq

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Do Projeto,Crônicas Esparsas : Um Ele ... e eu.

                                                    (Do Projeto,Um Olhar Tão Meu./ Tata Junq.)

Pés nus.
Passadas cadenciadas sem nenhuma pressa.
Marcas nas areias molhadas.
Eu o acompanho,até onde minha visão o alcança.
Ele dava algumas paradas e olhava insistentemente para o mar.
Parecia perder-se na imensidão.
Gostaria de saber de seus pensamentos ...
(Não pela curiosidade,apenas.)
As almas humanas,fascinam-me.
E,seu olhar é triste.
É um velho homem.
Teria sido pescador?
Sua pele é judiada.
Mas há um beleza contida ... sua alma transpira por seus poros.
Eu o acho bonito.
A Natureza marinha e seu perfil,combinam.
As areias brilham ... o mar é de um azul extraordinário.
O Sol brilha e dá-nos,boas vindas.
Poderia filmá-lo ou fotografá-lo.
Não seria correto,nem ético,nem nada.
Meus olhos registram a imagem.
E é o bastante,creio.
Ele volta a caminhar.
Tomara que tenha buscado paz e a tenha retido,no suspiro fundo,que detectei.
Repenso a vida.
Deu-me ele,sem sequer saber de minha existência, a noção,segura,de que prosseguimos ...
Cada um com sua caminhada.
Meu olhar perde-se nessa imensidão.
Não estou triste,nem contente.
Sou alma-mistério,como a daquele senhor.

Vivos!

Tata Junq

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Poetando & Musicando : Toque.



Um toque,apenas.
Dedos com dedos.
Olhos nos olhos.
E almas espelham-se.
Assim tão claras,
assim tão serenas.

Hei de ter,
quando me permitir,
trajeto,
e te tocar.

Está resolvido.

Encontro
e
encanto ...
no amar.

Tata Junq

Pensamentando ...Em dores,dores.

                                         ( Do Projeto,Um Olhar Tão Meu./ Tata Junq)


Amanheci em flor,sem néctar,retirado pelo beija-flor.
Sem auto críticas.
Sem filtros.
Em dor.

Quem diz,que dor física não judia?

Lembrei de lembrar ...
(Necessário.)
"Tudo passa"!

E se não passa,abranda.
E dobro as esquinas,as retas,as curvas estradas...
Um dia,chego.

Tata Junq

terça-feira, 19 de junho de 2018

SAUDADE.



                                                          ( Caras & Bocas da Tata.)
SAUDADE
Estico as mãos,buscando no fundo do baú,que não existe mais,
(Que guardava tantas pessoas ... cartas,bilhetes trocados.),todos.
Todos!

{Daí a canção ... relembrada ...
#músicatudodebom
#valorizandompb
Eu amo as canções da Adriana Calcanhoto ...}


Como ia comentando ...
Tenho saudades dos guardados que foram perdidos,incinerados.
Cada papel,tinha uma particularidade ... cada letra ... como um matiz,ao pincelar cores.
Saudade de manusear papéis ... 
Tê-los,era como se tivesse registros de "pedacinhos" de alguém.
Saudades de meus discos,de meus livros,do espaço,que criei pra mim um dia.
(Idos ... anos 70.)
Era um mundo meu.
E couberam tantos nós,
(Pronome.)
Lembro-me nitidamente,que escrevia em qualquer papel ... folhas de cadernos,de fichário,guardanapos de papel,maço de cigarros ... onde estivesse,achava um tempo.
Cartas ...
Bilhetes ...
Nada contra a modernidade de agora,no entanto ...  porque chegamos às pessoas,rapidamente.
Apenas aflorou a saudade da mocidade ... de um tempo,que abrigou tanta gente,que não mais tenho notícias ... muitas mortas.
E eu fazendo "estágio",aqui nesta Terrinha...
Heheheeee ...
Saudade boaaaa ...
Mas melhormente,seria ter um bilhetinho em mãos ...
Eu choraria de alegria,na certeza.
Tata é bem isso,Oceano-de-emoções!!!
Boa tarde,Saudosos!
Boa tarde,Vida!

Tata Junq


sábado, 16 de junho de 2018

#musicatudodebom Definição? ...Só curtir ...e,ou conceituar ...Coração cigano?



Quando o Amor Acontece



Coração sem perdão, diga fale por mim
Quem roubou toda a minha alegria
O amor me pegou, me pegou pra valer
É que a dor do querer, muda o tempo e a maré

Vendaval sobre o mar azul
Tantas vezes chorei, quase me desesperei
E jurei nunca mais seus carinhos

Ninguém tira do amor, ninguém tira, pois é
Nem doutor nem pajé, o que queima e seduz, enlouquece
O veneno da mulher

O amor quando acontece a gente esquece logo que sofreu
um dia, ilusão
O meu coração marcado tinha um nome tatuado que ainda
doía, pulsava só a solidão

O amor quando acontece a gente esquece logo que sofreu
um dia, esquece sim
Quem mandou chegar tão perto se era certo um outro engano
coração cigano
E agora eu choro assim

O amor quando acontece a gente esquece logo que sofreu
um dia, esquece sim
Quem mandou chegar tão perto se era certo um outro
engano, coração cigano

Pensamentando & Musicando ... Um presente de Antonio.


Estrela

Gilberto Gil


De surgir
Uma estrela no céu cada vez que ocê sorrir

De apagar
Uma estrela no céu cada vez que ocê chorar

O contrário também bem que pode acontecer

De uma estrela brilhar quando a lágrima cair
Ou então de uma estrela cadente se jogar
Só pra ver a flor do seu sorriso se abrir

Hum

Deus fará
Absurdos, contanto que a vida seja assim
Sim
Um altar
Onde a gente celebre tudo o que Ele consentir
****************************
Um presente de Antonio.
********************************

PONTUANDO
Da tristeza,um bálsamo,musicado.
Fiz uma retrospectiva ...
Um ser chorão,eu.
Desde quando nasci.
De fase em fase ... tantas lágrimas derramadas,vertentes,
invertidas ...de alegrias,de tristezas ...
E quando tentei sorrir ...tantas foram as lágrimas, fluindo...
(Como rios de encontro aos mares.)
Hoje houve troca,benevolente.
Recebi música e conselho : 
- Escuta.

- Apenas sente!
E, senti a profundidade do recado.
***VIDA!***
"Deus fará 
Absurdos, contanto que a vida seja assim
Sim
Um altar
Onde a gente celebre tudo o que Ele consentir"

...
Em verdade ... na verdade ...há de se ter  o permitido,
consentido.
O Universo conspira,em permissão.
Tenho de construir sorrisos,um a um,e em gratidão...
dar sequência à vida.

Se apesar,dos pesares,bem sei ... temos

um cumprir existencial,
aprendizagens rumos a seguir.
Escolhas nos cabem,é o livre arbítrio.
Mas há de se crer que há um comando, um Poder  Superior.
Que haja benevolências!

E grata,lembrar-me-ei desta canção... e de 

um amigo,que estendeu-me" a mão",
generosamente.

Tata Junq

****E TO FULAAAAAAA DA VIDA!!!
DESCONFIGUROU FONTE>>>TAMANHOS<<<

TENTO ARRUMAR E NADAAAAAAAA!!!
GRGRGR


quinta-feira, 14 de junho de 2018

Pedaços ...



                                                  ( Caras & Bocas da Tata.)
*Uma blusa ao ser retirada...virou abrigo de cabeça ... e,do avesso.
Assim ... hoje ... como se eu pudesse também,virar-me no avesso,em revelação.
O meu avesso precisa de abraço.

Deveria ter abraço-terno,eterno.
Como ninho de pássaros-abrigo.
Assim queria um agora.
Assim queria ...
Entre o desejo,e ter ... grande diferença.
E frágil,fragmento-me.
Que cacos há de se colarem?
Não serei a mesma.
Nunca somos os mesmos, a cada tempo.
Há o que nos modifique.
Como num quebra-cabeças.
Quem nunca se quebrou?
Quem foi remontado ou se remontou,com habilidades de um restaurador?
Eu me remonto a cada dia.
E,há dias,que não há belezas.
E,há dias,que me sinto bela ... 
(Porque cada pedaço é uma história-de-mim.)
Mas eu queria um abraço,apertado,que juntasse os estilhaços de hoje.
Melancolia ... tristezas ... impotências.
Lutando para aceitar,aquilo que não posso modificar ou a quem modificar.
Os pedaços de mim,ainda são amorosos ... mas cansados.
O vento balança a cortina ... preciso de ar,mesmo estando frio.
Está por terminar o dia.
E eu ... querendo o tal abraço ...
Desabafo.

Tata Junq

Quer que eu desenhe???? ( rsrs...) Projeto, Palavras Ao Vento..ISSO PENSO! ( CONVICTA DE.).

Resultado de imagem para Amo futebol
Fotos de Stock Dreamstime

Muito mimimissss com a Copa ...
Consciência política,tenho.
Das verdades das inverdades de "governantes", também.
Faço parte do caos do Brasil?
Também.
Qual que é o mal,curtir uma Copa e o futebol?
Esporteeeeee ... não é alienação!
Se tem gente dormindo na gororoba,não sou euzinha aqui.
Eu vejo postagens ... críticas,num emaranhado de conceitos.
A Copa no Brasil abrigou tantos engodos ... e todo mundo engoliu "jiló",como fora morangos com chantilly.
(Nada contra jilós ... que gosto.)
Quem ama esportes,valoriza seu time e torce,sim.
Se são milionários,trilhardários ,os jogadores ... se moram aqui ou fora ... 
- Vc paga a"folha"deles?!
Não vejo cifras!
As cifras,os patrocinadores resolvem.
Vejo esquemas,táticas e "pernas","cabeças" e como finalidades,GOLLLLLSSSSS!!!!!
( Menos,mãos ... a não ser,firmes,dos goleiros.)
E se possível,vitórias.
E se possível,alegrias pelas conquistas.
E se possível,um "caneco"!!!!
Quer saber?
Quer mudar o Brasil,como país?
VALORIZE SUAS ESCOLHAS!!!
Derruba aí com convicção cada corrupto ou incapacitado.
ESCOLHA!
MUDE!
VOTE OU NÃO!!!!
Mas ... limpaaaa!!!!!
E,vamos ver a "moçada" jogar ... ver os talentos,todos,do nosso e de cada país.
E se não concorda comigo ... é um direito seu!
Afinal,pensar e agir é pleno direito de liberdade.
Sem mais,boa noite!
Tata Junq

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Pensamentando ... Estás a me julgar? Então ...




                                                   ( Caras & Bocas da Tata.)
Leitura de mim,tens?

Nas entrelinhas,CRIATURA.
Nas entrelinhas,anjo de candura?
Demoníaca,reticente?

Não inventes.
Não tentes.

Sou Sol em sombras.
Lua,que míngua a todo instante.
Sou Rio,que curva a Montanha.
Sou Nuvem,desabando em Águas.
Terras tórridas.
Sou Trovoada e Relâmpagos.
Sou Fogo,que derrete o vil Metal.
Sou Cratera Vulcânica,sem lavas.
Sou poço,com fundo.
Sou Madeira extirpada.
Sou Pássaro,sem rumo.
Sou Fera,ferida.
Sou Mar-de-águas,claras.
Sou Reduto de Areia,que se esvai,pelos vãos dos dedos ...
Não sou quadro,pintado,que aos olhos basta.
Há de se ter sensibilidades.
Nem tudo há de claro,nem de escuro.
Nem antíteses ou metáforas,bastam-me.
Nem tudo simbiose.

INEXATA.

Nem julgues,muito menos,prejulgues!
Sente!

Tata Junq

Do Projeto,Palavras Ao Vento:Remanso.

                                                    ( Caras & Bocas da Tata.)

Tenho pressas.
Onde estão os atalhos,que me levam ao seu coração?
Um banco,um canto,pra descanso de meu amor,por favor!

Remanso.

Tata Junq

* ** Quando criar faz parte.

sábado, 9 de junho de 2018

#musicatudodebom #musicandoavida Johnny Mathis: ícone,atemporal!




Chances Are Johnny Mathis

Provavelmente (tradução)

Provavelmente porque eu uso um sorisso bobo
Quando você aparece
Provavelmente você acha que estou apaixonado por você
Só por causa dos meus deslizes de compostura
No momento em que seus lábios encontram o meu
Provavelmente, você acha que meu coração é seu namorado.
Brigde
Na magia do luar,
Quando eu suspiro: ''me abrace apertado, querida''
Provavelmente você acredita
Que as estrelas que enchem os céus estão em meus olhos.
Acho que você sente que sempre será
A única para mim
E, se você acha que pode...
Bem, provavelmente suas chances são muito boas.
Intervalo instrumental e ponte
Na magia do luar,
Quando eu suspiro: ''me abrace apertado, querida''
Provavelmente você acredita
Que as estrelas que enchem os céus estão em meus olhos.
Acho que você sente que sempre será
A única para mim
E, se você acha que pode...
Bem, provavelmente suas chances são muito boas.

Pensamentando & Musicando ( Galope a luz do luar/ Maciel Melo) Dia de enamorar.


Bonito de escutar,ver e sonhar.
Palavras simples ... que aconchegam qualquer mulher,qual colo ou abraço.
( "Calunga","Abelha Rainha", "Minha Namorada","Favo de Mel","Doce Amada" ...)
Regional ...
Declarativo ...
Sabe ... importâncias?
Creio,que o ser humano precise de importâncias.
Não há aquele pleno,que não goste de ser elogiado,tido como importante,na vida de alguém.
Ninguém precisa ser refém,ou tornar-se refém do próprio ego,valorizado.
( No entanto.)
Palavras cantadas,palavras escritas,palavras sussurradas,palavras-olhares ... são ações,não deixam de ser.
E ... naquele momento,único ... a doçura transgride,o amor torna-se tangente,tangível ...
Nem que fosse por minutos,apenas.
Nas trocas,somos acrescidos ... somamos ternuras,vezes,tão esquecidas.
Temos datas específicas pra tudo ... e ...vem aí, o Dia Dos Namorados ...
Eu lhes desejo,ternuras compartilhadas.
Valorizem seus amores,companheiros,companheiras ... é tão simples TERNURAR ...
Tão simples.
Tão simples e belo.
Mas tem de ter sinceridade,exemplar.
E se ainda não "conquistou"alguém ...vá à luta!
Dá um toque.
Cante...escreva...fale...grite ...beija ...
Sei lá!
(rsrs...)
Não se arrependa!
O "tempo" não espera ...
E ...pra vc que "amornou" um relacionamento  ... e que se esqueceu dessas importâncias ...
Poxa!
Quem sabe não é a hora,das redescobertas ...
Ein?!
TERNUREM!
TERNUREM!
( Sugestão apenas.)

FELIZES DIAS,ENAMORADOS!
FELIZ DIA DOS NAMORADOS!
Eu?
Vou "ternurando" a vida!

Tata Junq

Projeto,Palavras Ao Vento: Que dizer e,ou fazer?

                                                    ( Caras & Bocas da Tata.)

Que dizer da morte,vida?
Que dizer da vida,morte?

Eu morrerei,
Tu morrerás,
Ele(a) morrerá.
...

Eu vivo,
Tu vives,
Ele(a) vive.
...

E????

Tata Junq

Do Projeto,Palavras Ao Vento: Pensamentos.

                                                             ( Caras & Bocas da Tata.)

Existe no silêncio,presenças.
Silêncio meu,ruídos lá fora.
Silêncio meu?!
Se boca muda,pensamentos a milhas e milhas e milhas ...
Eles bailam,não têm corpos capengas.
Ouso cadenciá-los no compasso,que me apraz.
Plasmam amor de verdade ... lá nos confins,pra lá de "marraqueche",onde o
Sol não acontece,a Lua não aparece ...
Vão..vão...vão...
Semi acordados, gemem numa prece.

Tata Junq

( 08/05/2018 )

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Do Projeto, Crônicas Esparsas : Deolindo.

Resultado de imagem para desenho de menino assustado

( Imagem por pesquisa. / Google.)
***********************************************

- Abre os olhos,menino!
- Abre!
- Abre!
- E fecha a boca,senão entra aranha.
E,lapt-lapt-lapt ...
E vai sova.
E vão gritos ...
Eu me lembro de Deolindo,o pequeno arteiro da Vila dos Remédios.
E não havia remédios pras dores de chineladas e ou,cintadas.
Mas havia Das Dores,sua mãe megera.
Dia veio,da desgraça.
Chegou do trabalho pesado ... cadê Deolindo?
- Deolindooooo ...
- Cadê você,capeta?
Sumiu,escafedeu-se.
No fundo,gostei.
Sumira ... ninguém vira em qualquer canto.
Uns diziam depois,que Das Dores fizera gênero.
Não creio.
Ele fugira,na certa.
Cansou das pancadarias ... ou quis sobreviver.
( Qualquer canto,seria melhor.)
Tosco engano.
Dias depois foi achado ... estuprado,morto.
Nem sei o que pior.
Melhor agora,é retirar da mente aquela carinha assustada ... e pensamentos pesados,no que diz respeito a Das Dores.
Quanto ao estuprador ... 
- Tomara que morraaaaa!!!!!
E antes do seu final,que perca cada pedacinho de seu corpo,de alicatadas!

Tata Junq
* Qualquer semelhança,é mera coincidência.
* Criar faz parte.