quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

FAKE & VIRAL (CUIDADOS. // Pra pensar!!!!)



Se me há,fatos,há.
"Semeá",boatos,cruz credo!
O Mundo pertence aos "fakes"?
FAKEAR,FAKEANDO.
( À parte ...
E vivas ao poder da linguística.
Podemos com as neologias,criar palavras,inclusive estas,unificando línguas diferentes.
Fakear virou verbo,falsear.
Fakeando,virou verbo,no gerúndio,falseando.)
Então ...
VIRAL
( Diz-se de algo que se espalha como se fosse um vírus.)
FAKE & VIRAL
( Falso.) & (Vírus.)
Fakeando & Viralizando
Que toda explicação,seja válida.
Quando se quer viralizar uma notícia,está fácil?
Sim.
Quando se quer fazer circular um boato,tá fácil?
Sim.
Quando,propositadamente,usa-se meios pra que isso aconteça?
Sim,
Certamente,que sim.
Há estratégias?
Sim.
Alvos a serem atingidos?
Sim.
INTENÇÕES.
Sim,isto.
Existem propósitos.
Quer lembrar?
Justificar invasões territoriais,ou promoção de guerra.
Propagar política,políticos.
Propagar artistas,programas ...
Propagar sites fornecedores de mercadorias,falsos,lógico ...com promoções fantasticamente,"pechincha"...
Falsas pessoas,num site de relacionamentos ... pra extorquir,ludibriar.
Roubos de senhas e acesso aos bancos ...
E por aí vai ...
E como diz o ditado,"de boas intenções,o inferno está cheio."!!!
E postagens viralizam ... atingem as massas e também os propósitos a fins.
Na modernidade tecnológica,somos beneficiados em muitos aspectos,pela rapidez e acessos.
Mas também somos alvos.
VALE LEMBRAR,inclusive:
Antes de repassarmos assuntos,temos de ter cuidados e averiguarmos a veracidade deles.
Há um compromisso,sim!
E cabe a cada um,o responsabilizar-se.
CUIDADOS COM O "BOATAR"!!!
Sim?!

Tata Junq

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Preciso.


Tudo que preciso agora,PAZ NA ALMA!
E a música tem esse poder ...se não aplaca,faz jorrar qualquer incômoda dor.

Tata Junq

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Relatos & fatos : Carnaval,por quê,mesmo?!

Já tanto escrevi em oportunidade,no período carnavalesco.
Tantos poemas,tantas reflexões...
Ardores,amores,emoções,comoções,lembranças ... tantas e tantas coisas.
Lembrei-me hoje de muitos carnavais.
Das participações,desde menina.
Das participações em, clubes,no interior e capital...
Das viradas de noites,no meu clube do coração,Corinthians.
( Bailes Branco & Preto.)
Do sonho de desfilar na avenida.
Da participação em blocos ...
De períodos de férias ... principalmente,as de Caraguatatuba.
Um filme retrospectivo.
Hoje,estou limitada,pela falta de saúde.
Estou em casa.
E não lamento por não estar envolvida,em qualquer lugar,como grande foliã,que já fui.
Sinceramente?
Faz-me falta,o viajar.
E se pudesse,estaria num lugar de sossegos.
Meu olhar,não é de desdém.
Mas o indiferente,não me é possível.
O povo,em ópio.
Dias de alienação.
Escapes?
Até podem ser.
Alegrias compartilhadas?
Idem ... podem ser.
Mas fico aqui a cismar,como "boa velhinha",que me tornei ...
Cidades,marcantes e marcadas,por tantas diferenças,indiferenças,opressões sociais ...e o povo na rua...
Sambando!
Cidades de "governabilidades" duvidosas.
País do Carnaval e do Samba!
Carnaval,mesmo!
Cabe o valor metafórico,negativo.
Sambando ...
Sambando ... "patinando" nos entraves das corrupções e absurdos.
E,tudo parece esquecido,nesta semana carnavalesca.
O Rio,das balas perdidas,é cartão postal,ainda?
Bahia,é do axé?
Sampa,com rivalidades de torcidas,do futebol ... tem Escolas,retorcidas?
E a "dinherama"?
De onde vem?
Quem bancou ou banca?
( Como sempre.)
***************************

Ponto de interrogação Duas pessoas levava um ponto de interrogação Banco de Imagens - 15429575
(Imagem por pesquisa. / Google.
Direitos autorais: LIU MING )
***************************
Quem se importa?
As Escolas,vão pras avenidas.
O povo gosta.
O povo samba.
O país desaba.
( E nestes dias ...ahhhh esses dias! Tão lúdicos!
Tão fantasias! Tão alegrias! Tão ópio! Tão prazer!)
PRAZER,AMIGOS!!!
EU SOU DO CONTRA.
Somente eu,sou do contra?
Não vi nada,não tenho visto nada deste Carnaval,2018.
Não há graça.
O PAÍS É UM PAÍS-SEM-GRAÇA!!!!
( Mesmo,carnavaliando.)
Um OBAOBA!!!!
Bom ... "casmurrices",da Tata.

Tata Junq

Palavreado noturno.



Tão miúda,
a flor.
Tão noturna,
a dor.
Tão oportuna,
a estrela.

Visão de uma janela.

Tata Junq

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Brevidade.

Resultado de imagem para borboletinha voando
( Imagem por pesquisa / Google ... na foto,a autoria.)


Nas asas da borboletinha,desenhei meu encantamento.
Borboletinha nem cresceu,morreu.
Efêmero,o sonhar meu.
Então,enterneço em casulo,esperando um novo tempo,de borboletear,
todos os lamentos.

Tata Junq











Do Projeto: Palavras Ao Vento :Quando brio,é questão de caráter.

Resultado de imagem para cara em preto
O brio,em breu.

O "brioso",não faz esforços pra lustrar sua cara -de -pau.
Pau! Pau! Pau!

Tata Junq

domingo, 28 de janeiro de 2018

Do Projeto,Palavras Ao Vento : PERFEITO & IMPERFEITO.

( Da série: Caras & Bocas,da Tata.)


Quando o perfeito torna-se imperfeito?
O imperfeito,torna-se perfeito?
Tudo balela!
Não existe perfeito. Então,não existe imperfeito.
Lógica.

Leva-se em conta:
"PERFEIÇÃO é um conceito que deriva do latim perfectĭo e que se refere à condição daquilo que é perfeito. Perfeito, por sua vez, diz-se daquilo que não apresenta erros, defeitos ou falhas/falências: trata-se, por conseguinte, de algo que alcançou o máximo nível possível."

Ahhhh... 
Soberbos,aqueles julgadores de si,perfeitos?
Simplórios-abenegados,os que imperfeitos?
Essa," é pra pensar na cama,que é lugar quente",como diz o dito popular.
Conjecturas da Tata ... começando uma nova semana,no anúncio do final do primeiro mês do ano
de 2018.

Tata Junq

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

PAPO RETO.

                     ( Caras & Bocas da Tata.)

Expurgando.

Lavar a alma.
Desentupir artérias!
Desentalar gogó.
2018.
Em tempo?
Sempre há tempo.
E,no tempo,sempre,transparências.
De minha parte,com toda certeza.
Constância da lealdade de minhas,VERDADES.
Não são as suas?
Respeite as minhas!
Minha escolha:
LIMITES DA TOLERÂNCIA,que tenho direito.
Não espero por compreensões.
AVISAR NÃO PAGA IMPOSTO!!!!

Tata Junq


CARNAVALIDADE.// Observaçôes,apenas.

Resultado de imagem para Carnaval

PAPO RETO,sim Senhor!
Por partes:


*********************************

Na ponta do pé,no passo a passo,trejeitoso,
quase frevo:

CARNAVAL.
   M
   O
   R

*********************************

Amor-de-carnaval.
Carnaval-de-amor.
Amor qual Carnaval.
Enfim ...

Colorido?
Doido.
Doído?
No ritmo?
Sem ensaios?

*********************************

 100% ALEGÓRICO.

Assim sendo,fantasiado.
Assim sendo,quesito harmonia,
perfeito.

************************************

Onde o amor?
NA AVENIDA,
sem
VIDA,

na
dispersão,
cansado,
exaurido?
Ou,tão cheio de vida?
Com pique pra voltar em "outra Escola"?


***************************************
Ahhh... sim ...

Assim, meu senhor,é seu amor.
Tão pouco duradouro,mas tão cheio de emoções,
de vibrações.

Eu o assisto,a cada verão!
Com admiração,mas sem aplausos.

*****************************************

Ouso ser cronista e repasso seus passos.
Sua fantasia muda a cada ano.
Sua ala também.
Que há de ser,quando na Velha Guarda,tiver cadeira?

******************************************

É.
Fico na "observância" no palco da vida.
Há quem se expõe ...
Tenho olhos ...
E há aqueles,como Carnaval,que mostram a que vieram,ilustres e ilustrados,cheio de brilhos e trejeitos.
Não pretendo direcionar ninguém,quanto às atitudes tomadas ou a tomar.
Mas isso não quer dizer,que estou na concordância.
Futilidades,não gosto.

******************************************
Creio que a maturidade e vivência nos dá suportes para observar e fazer algumas indagações.
A vida,corre ligeira.
Certo?
Quem "dança" a vida toda,sem comprometimentos,é feliz?
Quem se compromete,é feliz?
Infeliz ou feliz,comprometimentos ou não,escolha de cada ser.
Né mesmo?
Só ainda me admiro com o "vazio"da alma de muitos.
Mas que tenho a ver com isso?
Nadica de nada.
Né?
Vida,parece "palco carnavalesco",passarela pra todos.
Brilha quem quer,sacode quem quer,samba quem quer.
Cada um com sua verdade.
Eu?
To na dispersão.
Só observo.
Cansada,mas atenta.
Já "sambei" bastante ...

*********************************************
Observar,e constatar,que na avenida da vida,há muitos contratempos,alegrias,brilhos,choros,risos,alegorias,temas,
dispersões ...
Quem disse,que não é complexa,essa CARNAVALIDADE?!
Que atirem,pois,confetes e serpentinas!!!!

Tata Junq



domingo, 21 de janeiro de 2018

Do Projeto,Aventuras de Irmãos. ( Raquel.)

                                                   ( Imagem por pesquisa. / Google.)

TUDO ROSA.
E SEU SORRISO,AMARELO.

O sonho de menino,espreitou a porta do quarto.
Queria tanto um irmão.
Olhou aquele quarto todo arrumadinho, mas rosa.
E odiou.
Queria porque queria,um irmãozinho,que quando crescesse iria com ele ao futebol,
mais o pai e o tio Emerson.
Mas... a mãe tinha de ter  abrigado na barriga,uma irmã?
Sacanagem!
Sacanagem dessa "intrusinha" também.
Raquel,Rapunzel,Beleléu ... deveria ficar presa na torre,pra sempre.
Sem direito ao resgate de um príncipe.
Aras!
Sem comer,também.
E quando percebeu ,já estava matando a irmã.
E sentiu um arrepio de arrependimento na espinhela.
E sentiu o cheirinho doce,que exalava.
Olhou aquela carinha branquinha,bochechuda ... e o semi-sorriso de lado... Dormia,certamente,sonhava.
E quis tocar aqueles dedinhos miúdos ...
Era sua cara?
É o que todos dizem...
Aras!
Parece o escambal!

E o tempo passou rápido.
Cresceram ...
Ela?
Esticou o que eram "cambitos de pernas"...
Não curte futebol ... nadica.
Mas,joga basquete.
E é seu orgulho.
E é sua melhor amiga.
Uma paixão!
Desde o dia, daquela espiada.

Terminou o jogo.
Ela era musa,bonita que só!
E num é que tinham razão?
"Cara dum,focinho do outro"!
Belos!
Encrenqueiros!
Animados!
Ternos!
Amados!

Plim!
Acabou-se a estória.
Quer saber mais?
Volta noutro dia,que conto.
Prometo.

( Do Projeto, Aventuras de irmãos.)

Tata Junq

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Brevidade.

                                       ( Imagem,via Google.)

Biscoito.
Café.
José.
Um minuto.
Lembrar
da
lembrança,
da
minha
infância.

Tata Junq

Canta aí também! ( rsrs ...)

Quando a graça não tem graça.
É uma desgraça!
Nem toda piada,agrada.
Nem todo piadista é bem vindo.
E ... ahhhhh...essa vida!
Há muitos "piadistas"!
Basta dizer,que nosso país é uma piada,de mal gosto,mas é!
Há os sorridentes,disfarçados.
Há quem ria de desgraças alheias,que estão longe de serem piadas.
Há os que se esforçam por levar uma vida,mais leve,sorrindo,brincando,fazendo graça.
E eu,aqui sem graça.
Mandíbulas trancafiadas.
Então,lembrei  de cantar... não pra encantar,mas pra suavizar.
E há graça nas cantigas infantis ...
Então...lá-lá-lááá ...
E lembrei,que tem muitas mentes,que fedem,pior que chulés!!!!
( "O sapo,não lava o pé ...")
Então ..."borboletinha...tá na cozinha,fazendo chocolate ..."
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk ...
Achei graça,no que não tem graça?!
OOOOOOOOOOOOO vidaaaa!!!!!
" A canoa virou... foi por causa da menina que não soube remar ..."
Ihhhhh??????
Aprende,né?
Vou nessa!
Canta aí você também!
Faz bem ...
hehehehe ...

E lá vem outro FDS ... com ou sem piadistas.
" A barata diz que tem ...é mentira da barata ..."
Heheheheheeee ...
Cuidado,com baratas mentirosas!!!

Tata Junq

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Do Projeto,Uma Alma Feminina : Coisas acontecem. E,vai de quebra,música.

O riso escandaloso ecoou.
Estava embriagada.
Anestesiada?
Nem sentiu o ardor da bala,quente,penetrar seu corpo.
Mais um estampido.
Dilacerou seu rosto.
Morreu o sorriso.
Morreu o gozo do viver.
Tombou.
Meia idade,muito chão vivido.
Vingança?
Queima de arquivo?
Devedora?
Agora exatamente,só vejo ausências no bar.
Todos correram.
Eu?
Da janela, espio meio que escondida ...
Sempre vejo os vai-vens ...
Só me mantenho aqui,porque o aluguel não é pesado.
Mas confesso, morro de medo.
A mulher está lá...estendida no chão.
Deito meu olhar na calçada,e sangro também,quase vomitando.
Nada a fazer.
Por hora,creio, que nada mais há a acontecer.
Já deu na medida!
( A não ser ... polícia,deliberação do corpo,investigação,fotos ...translado para IML ... rabecão.)
E passa-me pela cabeça,esta canção: " Rio 40 graus ..."

Miriam Azevedo
( Uma Alma Feminina.)
* Nome fictício.
Por: Tata Junq

E vai cá a música,referida:

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Poetando às avessas. (Onde coube a metáfora.)

Resultado de imagem para coração alado
( Imagem por pesquisa. / Google.)

O coração criou asas,

voou,
voou,
voou.
Ninhos,pra que?
Desceu,
desceu,
desceu,
rasante.
Se escondeu,
escafedeu.
Comeu verme,
viveu.

Tata Junq


Qualquer pessoalidade,só mera formalidade ou coincidência.


Assim é.

Assim será.
Desde que o mundo é mundo.
Lei da sobrevivência. ou conveniência.
Quem caberá ou coube,ou cabe, no contexto?
JUNQ

sábado, 13 de janeiro de 2018

Do Projeto,Uma alma Masculina : Há de faltar bem pouco!

Resultado de imagem para olhos azuis,cabelos brancos
( Imagem por pesquisa. / Google. )

Memórias.
Não obstante,veio você em meu pensamento.
E você,trouxe outro você,mais um,mais um ...
Assim é o "novelo das lembranças" ... parece-me,que não se desenrola só.
E o mar,de águas geladas,banhavam nossos pés cansados,de tão longa caminhada.
O vento tornara-se forte.
Seus cabelos em desalinho,eram lindamente alvos,de uma brancura-acinzentada,
que dava gosto de visualizar.
Seu sorriso,meio que teimoso,em meio ao frio,contagiava-me.
E suas palavras incentivadoras: - vamos, você consegue!
Estas,jamais esqueci.
Não tenho pressa ...
Meus passos são cadenciados,pesados.
Quando envelhecemos,mesmo magros,pesamos ...
Sulcos na trilha.
Sulcos na alma.
Paro e olho a grandeza deste mar,aberto.
Mas há limite, mesmo sabendo,quão distante está o limiar do horizonte.
E pontuo meus passos,hora tão mais cansados,quando na infância.
Sei dos meus limites e também sei de possíveis reencontros ...
Se pudesse,ir-me-ia,agora,meu pai,ao seu encontro.
E num abraço agradecido,bendiria sua coragem e ensinamentos na prática desta vida.
E,perder-me-ia no infinito azul de seus olhos,tão carregados de amor.
E,assim,perco-me,na gratidão-confessa,ao olhar este mar de agora.
Falta bem pouco ... creio.
Há de faltar bem pouco!

(Cícero Neves / Em pensamento.)
* Nome fictício ... assim como,a personagem em questão.
Por: Tata Junq

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Família. (Conjecturando ) É ...eu penso ...rsrsrs ...

                                             ( Uma,de "caras & bocas" da Tata.)
Atrevendo um conceituar ...
Família é um" contingente de pessoas",cujos vínculos são genéticos ou herdados por parentescos do(a) cônjuge.... e, depois agregados e agregados dos agregados ...
( Afffffffffffffff...)
Mesmo?
( rsrsrs ...)
Em que momento,pensou-se em VÍNCULOS,amorosos?
Na verdade ia colocar aqui pesquisas...
(Que normalmente faço.)
Mas, na "modernidade que nos compete"... deixariam de ler uma matéria extensa...
Então,resolvi jogar uns pensamentos compactos,marcantes de pensadores.

LEIA BEM ...
( Sugestão,apenas.)
CONFIRA ...
REFLITA ...
E,depois responda a si mesmo...
Pertence a uma família?
Está numa família?
Que é família pra você?

 Hermann Hesse, escritor alemão. “Num relacionamento, cada um deve se perguntar: - sou capaz de dialogar prazerosamente com essa pessoa até a velhice?" 

"Tudo o mais é transitório, pois as relações que desafiam o tempo são aquelas construídas sobre a arte de conversar”, defendia o filósofo alemão Nietzsche[6].

Seja de qual natureza,num relacionamento ... se não há participação ou diálogos,presença de fato,FAMÍLIA, inexiste!!!
( No valor emotivo.)
Passamos a ter uma constatação de denominação,apenas:
PARENTESCO.
(Participantes da vida,por contingência.)

Em tempo,no tempo que me cabe,tenho plena consciência de quão reduzida é minha "família".
Criada com tantos valores,fui ...e,calculava e torcia pra que convivências,não ficassem perdidas. Primeiro,doeu.
Agora,muito pouco importa.
Quando envelhecemos,não podemos nos permitir essas vulnerabilidades.
Agradeço,quem permaneceu.
Um dia,vou-me.
(Naturalmente.)
E odiarei,"choros e velas" ... dos "parentes"!!!!
( Na certeza.)

Bem ... FAMÍLIA,minha constituída.
[A de verdade:
(Filhos,(dois),filha,mana,um cão,uma cadelinha e uma gata.)]
Causo estranheza?
Bem ... rsrs ...

E,família:
(Antecipadamente, rsrsrs ...)

- Podem chorar,mas podem sorrir também,lembrando de um sorriso meu.
Sorriso à VIDA,grata.
( Bendizendo a vida.)
- E, o "foi bom estar com vocês",nesta.
(rsrsrsrs...)
Sim?!

Tata Junq

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

CULTURA / RODA de CURURU // Informando & Valorizando & Ilustrando ( Vide,vídeos.)




Cururu é uma [dança folclórica] regional típica da região Centro-Oeste (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), mas originária de São Paulo. Também pode ser somente cantada, com dois violeiros a disputar versos e repentes. No Centro-Oeste é típica das festas dos santos padroeiros, principalmente do Divino Espírito Santo e de São Benedito.


História

Há várias hipóteses para a origem do cururu. Alguns pesquisadores afirmam que é uma dança de origem tupi-guarani, de função ritualística. Outros a consideram uma dança que recebeu igual influência do misticismo indígena, dos ofícios jesuítas e dos negros africanos. Inicialmente como dança de roda e usada pelos jesuítas na catequese, foi evoluindo para dança de festa religiosa e atualmente pode ser só cantada, em versos e desafios. O cururu só ficou nacionalmente conhecido quando foi levado como espetáculo ao público, por Cornélio Pires, em 1910. Hoje, como outras tradições folclóricas, está deixando de ser passada para as novas gerações.

A origem do nome também é controversa. Há duas teorias: uma, que diz que vem de "caruru", uma planta que era cozida com o feijão servido antes do início das orações e da dança; e outra que remete a origem ao sapo-cururu.dd

Características

Atualmente, no Centro-Oeste ainda é dançada nas festas do Divino e de São Benedito. Em São Paulo, ela é mais um desafio de violeiros. São usados a [[viola-de-cocho]o reco-reco e o ganzá. Nos desafios, cada violeiro desafia o outro, como um repentista. O tempo é marcado pela viola e pelo público, que acompanha cada verso e resposta.
Nas festas religiosas o cururu é cantado e dançado somente pelos homens. O ponto alto da apresentação é o momento em que o Divino "pousa", quando o cururueiro (ou canturião) canta e saúda a sua chegada. Nesse momento ele deve mostrar sua habilidade em citar versos bíblicos e a partir deles criar histórias cujo rumo ele determinará, como uma narrativa. Entretanto, hoje os temas são mais livres, podendo incluir conteúdo político, social e até esportivo.

(Fonte:Whikipédea)

************* Interessei-me pelo assunto,por ver uma postagem no Facebook ...
Faço votos,que a TRADIÇÃO seja mantida.
Afinal,sabemos da importância do FOLCLORE REGIONAL.
HISTÓRIA,pura!
Tata Junq

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Alerta vermelho!!!! Do Projeto,Palavras Ao Vento.


#palavrastaobemcolocadas
#gostomuitodestecamarada

E,creio que "gente,precise de gente",mas de "marqueteiros",não!!!!!!!!
Quão difícil é entender pessoas! E, ou,entenderem-me,também.
Quão difícil...conviver.
Eu opto por ter por perto,quem me respeite.
Convivência por conveniências,não mais!
E continuo "batendo duro" ... AÇÕES!!!!!...disso precisamos.

Tata Junq

Hoje,estou do avesso e meu coração,"peludo" ... queria muito,que muitas cabeças rolassem,literalmente.

Resultado de imagem para craque droga
(Imagem por pesquisa./ Via Google.)

Na escuridão,o mergulho.
Não há medos.
Há loucuras,prazer, o aplacar da dor.
O cérebro?
Frita.
Pulmões,aos poucos,vão deixando de cumprir seus papéis.
O sangue bombeado,começa a ter dificuldade para passar nas artérias.
Depois da euforia,a prostração inútil ou contrações.
Perda da fome,perda de peso,perda de tempo,perda da vida...
E muitos, "vão-se, antes do tempo",porque abreviam seu próprio tempo.
E muitos,alienam-se por muito tempo.
E poucos, rendem -se à consciência dos danos.
E muitos,não conseguem mesmo,a abstinência.
E muitos, tudo perdem,até mesmo, a dignidade.
(Falo do craque.)
( Entre tantas,a droga,que desmoraliza e mata.)

Eu?Nós?
Rendemo-nos à dor,como codependentes.
E é tão necessário,entender a dor alheia.
Também,procurarmos caminhos,para reabilitá-los e nos reabilitar.
Tarefa difícil,vezes,na maioria,impossível de cumprir.
É, na verdade,uma missão de coragens.
E há baixas.
E há medos.
E há desistências.
E há dor-de-amor e muitas vezes "mãos atadas".
Enquanto isso, há quem é escravo das drogas lícidas e ilícitas.
E,há quem caminhe livre,distribuindo-as e, ou traficando-as.
E há quem mande e desmande,dentro de presídios.
E?????
Essa corja,mantém a "politicagem"??????
No "país-da-bandidagem",tudo pode!
E lastimar,é tão pouco.
E,falar sobre,também tão pouco.
País falido moralmente ..."preocupa-se" com a problemática?
Entre tantas,mais uma.
"Melhormente,é ignorar,né não??????"
Ou tomadas de algumas pequenas atitudes,"pra inglês ver"!!!!!
Ridículo!!!!
Falo dos governos estaduais,municipais .... e de um país,como um todo.
Há desdem!
Há descasos!
Há intolerâncias!
Seres humanos,carimbados,os dependentes.
Marginalizados.
Eeeeeeee??????
Há portas abertas ao tráfico.
Trágico e ridículo!
Revoltante.
Há famílias desestruturadas ... e ... ?????
"QUEM SE IMPORTA,BOCA TORTA"!?
CACHIMBEIROS ESTÃO MORRENDO!
Hoje,estou do avesso e meu coração,"peludo" ... queria muito,que muitas cabeças rolassem,literalmente.

Tata Junq

domingo, 7 de janeiro de 2018

Pensamentando & Musicando: E,reflito & canto & escrevo & rio & choro ... Vida, minha gente!!!!


(Uma de minhas canções diletas ... marcante pelo conteúdo  letrado ...e musicalmente,perfeita...
uma sonoridade ímpar!)


E repenso e repenso e repenso ... " Que somos poeira ao vento"...
Tão ínfimos somos neste Planetinha,numa Galaxia,entre outras infinitas,que desconhecemos ...
Eu gosto do Cosmos ... amo estrelas ... amo o Infinito,até onde meus olhos alcançam ... e, não.
E meus olhos andam cansados ... um sequer funciona ... a visão é mínima...
E tenho saudades dos encantos,que eles já puderam alcançar.
Da vivacidade que criaram,para registro de meu cérebro ... ou vice-versa.
Já me perguntaram,por que não operá-lo?
Aras!
(Tenho sempre de explicar-me : - estou extremamente,alérgica e cirurgia é risco.)
Então,vivo de compensações. Vista esquerda faz validade pelas duas,e compensa a direita.
E penso ... que bom que nosso corpo é capaz de adaptar-se,mediante adversidades.
Bom seria,se o espírito também fosse assim burilado,nas readaptações.
Mas matéria,ao final,sucumbe.
O espírito,carrega suas mazelas,creio.

E o meu é poeirinha ao vento.
Tomara que um dia,varrida pelo vento eu possa ir pra bem longe,reaprender e remediar os erros e falhas,cometidos.
Mas ...
- Ooooooo ... Ordem Superior!!!!!
- Não me manda de volta,tão cedo,não!!!!
- Dá-me uma folguinha,sim?!
( Antecipando ... rsrsrs ...)

E, consigo sorrir da própria sina,a que fui destinada ... porque de chorar,já cansei.
E nem quero mais pensar a que vim ... se já resgatei erros passados ... ou,se nada disso é verdadeiro ... e desconhecido são os propósitos,e se são divinos ou não.
Que importa?
Realmente,que importa?
O fim? O começo? O recomeço?
Os "quês" e "porquês" de nada valem,se nem deles temos certezas.
Certeza é que vivo e penso e repenso ... na grandeza do Universo e seu esplendor.
Se estrelas morrem ou dormem ou explodem ou eclodem ... agora não importa.
Neste exato momento,não importa.
E no tempo do aqui e agora,paralelo ou único,sei que estou viva.
Muito louco isto.
Viva,mesmo morrendo a cada dia.
E vivas ao mundo físico,que me coloca em pauta!!!
E vivas ao paralelo,que sempre me resgata.
E fico com as palavras versadas de um grande poeta : 



Olavo Bilac – Poemas

Olavo Bilac – Poemas
Via Láctea (trecho XIII)
“Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!” E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto…
E conversamos toda a noite, enquanto
A Via Láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.
Direis agora! “Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?”
E eu vos direi: “Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas.”
Olavo Bilac )
(Publicado em  Antologia Poética - Porto Alegre, RS: L&PM, 2012. p. 28)

E certamente com Belchior,também canto ...e passa-me na mente,um grande "filme".
Registros,aqueles,sabe?
Que carregamos ao longo da vida. 
.

E COM KANSAS E BELCHIOR ...
EUUUUUU CANTOOOOO!!!!!
E digo:
- "SOU CAPAZ DE OUVIR ESTRELAS"!!!!!
Tata Junq

Pensamentando ... Quisera ser um sabiá!









Quisera ser sábia.
Ou sabiá?
Longe de ser sábia.

Queria ser um sabiá,leve e solto
a cantar.
Com chuvas ou frio,ou calor.
Livre.
Num cantar,debaixo de sua janela.
Querendo ninho,
querendo abrigo.
Ou apenas no lamuriar,um cantar qualquer.

Porque é assim que escuto um sabiá,
suaves lamentos distantes.

A sensação é de brevidade ... nem sempre aparecem ...
Vez ou outra escuto um na madrugada ...
Há tempos para se apresentarem.
Não sei num até quando...
O bairro deixa de ter as árvores costumeiras... as frutíferas estão desaparecendo ...e, sequer ouço, mesmo no verão, a folia das maritacas,que costumavam nos visitar.
Quando deveria-se ter cuidados para preservação do verde.
Amaria estar num sítio ou chácara,e viver da paz contemplativa do verde,dos pássaros e animais ... um sonho de consumo,que tardiamente,desconfigura-se.
Minha sina é morrer na capital,selva-de-pedra.
Sem porteira,sem beira,nem eira.
E com pernas cansadas.
Mas lembrei-me da ou do,sabiá!
E personifiquei-me,assim louca,livre e solta.
Quisera ser menos triste,também.
Taciturna,torno-me aos poucos.
Talvez a velhice me faça laços.
Talvez as tristezas, deem-me nós.
Mas ...
Dizer da vida,ainda posso,num teclado,palavras sopradas,qual canto do sabiá.
(Na insistência.)
E pouso nas janelas das pessoas,que não me veem ...
E embora num canto sequencial e triste,tentando fazer valer a vida,que deveria encantar a todos.
É isto.
Pouso em sua janela.
E,canto.
Ainda tenho asas-da-liberdade-do-pensar.
E vou ainda,conjugando o verbo,amar.

Tata Junq

Registro do canto de um sabiá,oportuno aos pensamentos.


Pra uma tarde chuvosa ... #musicatudodebom

01 - Irene Cara - Flashdance... What A Feeling [1983] 02 - Eternal Flame - Bangles [1988] 03 - Eurythmics - Miracle Of Love [1986] 04 - Gloria Gaynor - I Am What I Am [1983] 05 - Paul Young - Everytime You Go Away [1985] 1 06 - Jimmy Cliff - Reggae nights [1983] 07 - The Cars - Drive [1984] 08 - A-ha - Take On Me [1984] 09 - Foreigner - I Want To Know What Love Is [1984] 10 - Alphaville - Forever Young [1984] 11 - Julio Iglesias - Hey [1980] 12 - Ottawan - Hands up [Haut les mains] [1981] 13 - Cyndi Lauper- True Colours [1986] 14 - Andreas Martin - Ich brauch' Deine Liebe [Andante, andante] [1981] 15 - A-Ha - Stay On These Roads [1988] 16 - Carly Simon - Hurt [1981] 17 - George Benson - Give Me The Night [1980] 18 - Carly Simon - Coming Around Again [1987] 19 - Julio Iglesias - Coração Apaixonado [1985] 20 - Mick Fleetwood - You Weren't In Love [1981] 21 - Cyndi Lauper - All Through The Night [1983] 22 - Air Supply - Lonely Is The Night [1986] 23 - Saskia & Serge - Rose Garden [1983] 24 - Lillo Thomas - My Girl [1984]