quinta-feira, 23 de maio de 2013

Musicando a vida ... Um beijo,um tempo no vento...que voou,sereno!


Recebi esse vídeo ...
E, por mais que não quisesse, reportei-me ao passado,bem distante.
Uma mistura-clausura,de amores vividos.
Muito bom ter amado
Destino curioso ...
Pessoas nos encontram no percurso ...ou nós as encontramos ...sei lá!
E algumas despertaram algo mais, a mais ...platonicamente, circunstancialmente,verdadeiramente,..e todos os -entes possíveis ...rsrsrsss ...
Assim foram os amores de minha vida.
Muitos vértices de dores e lágrimas ...outros de sorrisos e magias.
A-MO-RES!!!!!
Insisto, muito bom ter amado.
Melhor seria, não ter chorado.
No tempo perderam-se ...
Hoje quero enaltecer o beijo mais terno e doce que já recebi ... ele foi guardado e perpetuado na memória.
Ele não marca um amor. Marca um momento,apenas ... e, quem disse que não foi primoroso?
Marca de um tempo em disponibilidade ...um bilhetinho em um hospital,um encontro e um até breve.
Quisera eu que todos os beijos,abraços,afagos ... fossem tão doces e memoráveis quanto aquele beijo.
Que a vida fosse açúcar, como aquele beijo!
Que as criaturas fossem tão sensíveis, como aquele beijo!
Que meu olhar, fosse eternizado, tão doce, como aquele beijo.
Ahhhh!!!!! Se fosse a optar por beijos trocados,afoitos,roubados,amorosos,dedicados,doídos, magoados,alucinados ... eu escolheria aquele,trocado ... numa tarde, num compasso suave,em palavras brandas,quase sussurradas ... numa magia pacificada,serena ... eu o recebi ... com a alma,encantada.
Bom isso!
Na recordação de agora,apenas um você ...um beijo,um tempo no vento ...
que voou,sereno!

Tata Junq


Enviar um comentário