sábado, 19 de abril de 2008

Suaves sussurros ...



Ao som de Moolight Sonata de Bethoven ... "suaves sussurros soaram suaves", este pensamento aliterado, que não é meu, inspira-me.
Sussurros chegaram ao ouvido da alma, doces, singelos. Trazem calmaria, deleite. Arrumo com jeito minhas dores, meus amores _ um a um, como cada nota crescente ou decrescente do piano. E vão ... deslizam! E junto os pensamentos ...
D'alma:
Os olhos? Espreitam um lugar tranqüilo, verdejante.
Os ouvidos? Escutam ruído das águas, possivelmente formando um reservatório sereno.
A boca? Redevolve a doçura do amor.
O tato? Sente cada pedaço de você.
Toca Moolight ...
Enviar um comentário