terça-feira, 1 de novembro de 2016

No jogo do amar.




O poeta roubou meu beijo,
tomou minhas palavras,
engoliu meus sonhos.

A terra beijou mar.
Entre pó e sal,
só restou
o
desejo
de
amar.
Enviar um comentário