quarta-feira, 22 de junho de 2016

Do projeto:Estórias pra Boi Dormir: "SEM EIRA NEM BEIRA."

                                     ( Há ref  da procedência da imagem // vide,lado esquerdo,pt inferior.)

O Sapo num mora na lagoa.
Nem é príncipe disfarçado.
É um "Decretador"!
Decreta sua dor,na carta de amor.
Tadinho do sapo rascunhador.
Rabiscador?
Rabisca a dor?
Dormente,não é.
Olhos esbugalhados.
Parado,pensador?
Dor mente.
Pensa dor?
Sente saudade?
Talvez pense em lealdade.
Atravessa o espaço-estrada,pra chegar à sua amada.
(Em cada palavra somada.)
Sapo sonhador!
Deveras,não sente dor.
Somente,
transcreve,
AMOR.
Enganador?!
Engana dor?
Disfarçado,
disfarçante.
AMANTE.
SAPO
OPAS
AVESSO.
Direito?
Contrário?
Contraditório?
Errado?
Errante?
Distante.
Amante.
Não mora na lagoa,no charco,no brejo.
É brejeiro,calado,distante,interessante.
Tem lume.
Tem pena,tinteiro.
É tarefeiro.
Temporize,
analise.
Talvez seja,SENADOR.
Se,na dor?
RODANES!
E se não me entendeu ...
Começo tudo outra vez.
Era uma vez,um SAPO ...

Tata Junq
Enviar um comentário