sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Pensamentando:Graças, mesmo quando não tem graça.







Agora sim!
Entre tantas,mais um bom motivo: azarei o braço e somo mais uma dor.
O cotovelo dói também,literalmente.
(rsrssss ...menos mal!)
E eu acho graça... e quando a dor aperta,acho que é desgraça.
Palavra feia,desgraça. Tem peso considerável. (Substantivo)
E desgraçado,então?! (Adjetivo)
Não tem graça!
Na graça de Deus,to bem,obrigada.
(Só retirando o ar sem graça...)
Desgracento escorregão!
Graças!
(Somente algumas avarias.)
Gracioso sorriso,amarelo.
Acho graça da desgraça,de graça.
Gracias a la Vida!
(Tudo a fim/
Tudo enfim/
Tem importância/
pra mim.)

Tata Junq
Enviar um comentário