quarta-feira, 29 de junho de 2011

MOMENTOS REFLEXIVOS & PENSAMENTAR: DORMINDO COMIGO.



Na desordem de mim ...deitei-me.
Metade de mim num canto, a outra também.
Uma sonhava, num sono induzido, necessário. A outra teimava em permanecer acordada.
A relutante,pensava e chorava.
Na fusão de mim, amanheço inteira, dividida em pedaços.
Incoerentemente,sou tão abastada de vida, ainda.
Permaneço.
Aprendendo a Arte de Viver,amanheço.
O vento sopra lá fora ... mais forte hoje.
Faz frio ... e vejo as roupas balançarem no varal ...
Penso ser assim, os sonhos ... sacudidos, balançados ... porque são só sonhos ... exclusivos, escondidos num quintal.
Da janela entreaberta, entra o frio do momento ... e toda eu, choro.
Volto o olhar para o gradio do muro do quintal,ele me cerca. Protege-me? Aprisiona-me?
Mais que ele, as amarras internas, sufocam.
Elas tem nomes claros: dúvidas.E elas são dívidas.
E no livro contábil ... preciso debitar uma a uma ... no tempo que me cabe, incerto e marcante-opressor.
Só não falta: amor! 
Juntando as metades, sei apenas que insisto em ser amor.
Embora na tristeza, meus olhos alcançam todas as pessoas, com amor infinitamente bondoso ... e como todas as manhãs ... eu resgato uma a uma ... gerando energias vibratórias.  
Saio de mim, busco um você.
Corri no tempo... sempre há tempo, no tempo -memória.
Hoje resgato, gratidão. E creio.  
Creio que estamos sempre aprendendo grandes lições.
A vida é um grande tratado.
A minha, tenho certeza, não passará em vão. 
Eu vigio, para tornar-me um ser melhorado.
Errando muito, sabendo tão pouco,viver tem sentido.
Manhã de um dia, que será ontem , amanhã. 
Tão somente?!  
Não! 
Marcante e marcado a cada segundo, na responsabilidade da construção ... minha , tua, de todos ... meu (minha)leitor(a).
Só sei, com largo sorriso-d'alma:ser amor!!! 
Graças! 
Bem digo, graças! 
Bem digo, oportunidades! 
Bem digo, amigos! 
Bem digo,VIDA!  
Bem digo, ALEGRIAS! 
Bem digo, DORES!  
Bem digo, COSMUS!  
Bem digo, CHANCES!!!  


BOM DIA, MANHÃ FRIA!!!  
Bom dia a você, quem fôr, como fôr ...onde estiver. 


NAMASTÊ!  


Tata Junq   
Enviar um comentário