quinta-feira, 28 de maio de 2009

Poetando às avessas.



Nada vezes nada:
Nada.
Nada vezes tudo:
Nada.
Morte vezes vida:
Morte.
Vida vezes vida:
Vidas.
Nada.
Tudo.
Morte.
Vida.
Tudo.
Vida.
Morte,
nada.
Nada?


Tata Junq
Enviar um comentário