quarta-feira, 30 de julho de 2008

MOMENTOS REFLEXIVOS / PENSAMENTAR



PERDAS


Escolhi o azul ... linda cor ... lembra as hortências da casa de Ada... lindas como ela, que hoje se despediu de todos nós.
Mais uma perda ... e a tristeza bate muito forte. Não sei lidar com a morte, ainda ... mesmo sabendo ser a ordem natural, nascer, viver, morrer ...mesmo porque, foi e continua sendo minha grande amiga. Recebeu-me de braços abertos quando vim para esta minha rua ... a sensação era de uma convivência antiga, a de tê-la reconhecido ... ah! ... coisas que não se explica, sente-se somente. E no decorrer do tempo, maior foi a proximidade... sua filha Edna veio avisar-nos de sua morte ... quanta dor ... a família vem de perda tão recente ...
Nossa rua perde a sua mais antiga moradora, aliás, o nosso bairro ...
Minha amiga, siga em paz!
Meu amor eterno!
Quero agradecer-lhe por todo e qualquer abraço, todos os bejinhos, todo carinho trocado, todo respeito e dedicação de uma nobre amizade.
Saudade doída, essa ... que já me envolve.
Hortências azuis, pra você!!!
E ... todo meu carinho, registra-se aqui.


Tata junq


Enviar um comentário