terça-feira, 1 de novembro de 2016

Costurando as Idéias!


Abala.
Na madrugada, a bala.
Azeda, para contrastar alma açucarada.
De goma.
Grude.
Cola.
Pensamento,embola.

Saindo de cena.
Finados.
E,pasme. Não garoa nem chove.

Avião brame no céu,qual tigre no cio e quebra silêncio.
Cachorro da vizinhança late.
Nem sei se incomodado ou se alardeia.
A vizinha tosse.
Acho que tem enfisema.
Nem ligo mais pra ela,pra tosse ou sua voz.
Ligo pra meu pescoço que dói,inclinação errada.Cervical já detonada.
E começa a doer tudo ... pés incham...bunda doe...coluna e discos gritam
hinos retumbantes.

Afffffffffffffffffffffff...cruz em credo!!!!!
Por que é Finados?
Claro que não,né?!
Sem aplausos,por favor!
Fecha-se cortina ...
Já costurei as idéias,em alinhavos.
Amanhã,revejo-os... se soltos ou apertados.

Fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii... pra cama.
Dormiiiirrrrrrr....
Nem sei se desejo bom dia ou boa noite.
02:54 ...
02/11/2016

Tata Junq
Enviar um comentário