terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Ilustrando & Musicando & Prosopoetando : Planeta Terra.

Pranto,
vértice
liquefeito
em
dor.
Fonte
rasa,
ao
profundo.
Perdido
o
Mundo,
sem respeito.
Cerne,
corrompida,
por
delitos,
impunes.
Profano,
caminho,
sem
volta.
Ode à beleza,
que um dia,
foi começo,
e a 
intemperança humana,
medíocre,
traçou
o
f
i
m

Tata Junq


Enviar um comentário