segunda-feira, 1 de junho de 2015

Do Projeto Conto um Conto:Rosalba,a bela.


Atrás do chapéu um rosto.
Através da rosa,uma alma.
E, a boca calada. Sabiamente calada.
Vezes calar é preciso.
Assim calou Rosalba,mulher da noite.
Entre pura e descontente,certamente descontente,e de uma elegância entre fina e mediana,
mudou de cidade.
Entrou muda e saiu calada,daquele pardieiro que habitava.
Recebera ordens de retirada.
Ordens da primeira dama, Lucíola Martins.
Recado do capanga,suma e não olhe pra trás!
Macho dela,ninguém tasca!!!!
Ela será fêmea,de soldado,de capitão,de molecão,de novo prefeito ...tudo estará perfeito.
A dama, não será primeira dama,mas a sorte lhe favorece ainda.
Jovem senhora,da noite, do dia, das tardes ... um luxo,uma profissão.
Detentora de seu riscado,viajou.
Soube dela,ontem ... as notícias chegam rápido ... cidades próximas ...
Rosa ao chão,rosto marcado a navalhadas... vingança arrematada.
Deixaram-lhe a vida ... como se  fosse castigo.
Que ignorância,maldita!
Certamente,teremos reviravoltas ...
Então,notifico.

( Projeto: Conto um Conto.)
Tata Junq

Enviar um comentário