quarta-feira, 24 de junho de 2015

Do Projeto Alma Feminina,Invernar.

   ( Imagem via Google.)

Entre outono e inverno,gelo.
( Gelar,sem vestígios da neve,ou gelo.)
Minha boca é quente,no entanto,ao proliferar seu nome,em vão.
Minha boca,meus pensamentos.
Meus pensamentos ao chão,como folhas mortas ...tombados,sem ressonâncias.
Diapazão inútil,medo que me cerca.
( Perdeu-se a melodia.)
Medo da solidão que avança,qual gélido vento,noturno.
Você deve dormir,enquanto choro,na tristeza do abandono,de mim,na calçada fria.
Fomos dois colados,no verão que se fez,fora de época.
Sol,mar ... num sonho bom.
Inverno pensamentos e tormentos,por agora.

( Uma Alma Feminina.)

Tata Junq


Enviar um comentário