segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Poetando,na simplicidade ...Estrelas-rendadas.




                                   ( Imagem retirada do Google.)


As horas passam,
eu teço estrelas-rendadas,
branquinhas,
translúcidas,
quais
bolinhas-de-sabão.
Pra que 
os sonhos,
voem
de minhas
mãos.

Tata Junq
Enviar um comentário