segunda-feira, 7 de março de 2011

Poetando: PENSAMENTOS MARGINAIS.



Corre
o
tempo!

Corre
o
tempo!

Como
o
vento!

Como
o
vento!

Nas
asas-
-do-
-meu-
-pensamento!

Voa,
voa,
à toa,
à toa ...

marginais!

Tata Junq
Enviar um comentário