sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Pensamentando & Fotografando


O simples está na complexidade do olhar...bastando-se a si mesmo, numa linguagem ideal.
Assim  se basta uma flor!
Assim se basta o nascer de um dia...o cair da tarde, o anoitecer.
Assim me basta o olhar atento que lancei às florezinhas , meio ao mato,pequenas e tão encantadoramente belas. Parecendo do nada brotarem, surgiam dando mostras da força da Natureza.
Minha natureza é sobrevivente também. Se bela, ideal, não sei.
Sei que rompo, como semente, a germinar ainda.
Sou pequena,aprendiz de mim mesma.
Ainda não sou fruto.

Tata Junq
Enviar um comentário