terça-feira, 8 de junho de 2010

BORBOLETEANDO!




São efêmeras!
Lindas!
Coloridamente,
livres!
Construtoras,
polinizadoras,
esculturas,
sangradas
do
casulo-berço.
Rompidas,
abrangentes,
reticentes,
breves,
valentes.


Borboleteiem, pensamentos!
Borboleteiem pensamentos!
Borboleteiem ao vento!
Saga,
Sanga,
escorrem,
senescentes
ou
audazes-novos.
Marcados,
marcantes,
aspados.
Meus!


Tata Junq
Enviar um comentário