domingo, 28 de fevereiro de 2010

(Plantão da madrugada ...rssss) Pensamentar & Poetar ... pra vc Lu, Mineirinho-Luciano.






Escrever...escrever e escrever ...
Hoje ao falar com um amigo ... lembramos de nuances da madrugada ...
Enquanto escrevia meus textos, algumas paradas. Algumas? Rsssss ...
Na verdade fazíamos companhia um a outro.
Ele também trabalhava.
Trabalhava?
Rsss ... entre corridas de afazeres, uma paradinha frente ao PC.
Quem disse que no "canal-Net", não se cria?
E ao teclarmos, a vida se descortinava ... as graças, os risos ...
Êta, Mineirinho danado!
Saudade do café da manhã, ofertado!
Afinal, de mentirinha, era generoso e encantador, prenúncio de um novo dia a enfrentar.
Ouso perpetuar-te em linhas poéticas-curricular!
KKKKKKKKKKKKK ....


Mineirinho


Quem?
Sedutor,
encantador,Persistente,
insistente?



buscando
amor?


Assim
vive,
a alma
afoita,
bem-querente,
reluzente.


É
este
amigo,
convincente:
Mineirinho,
maneirinho,
cheio
das
manhas
e
façanhas.


E
que
nas
manhãs,
tardes
ou
noites:
mulheres,
encanta.


Sorrio
com
teu
sorriso largo
e olhos
espertos.


Sorrio,
das
palavras
esparramadas,
flechadas,
eloquentemente
despejadas.


Aplaudo-te,
moleque-danado,
safado,
engraçado,
no
fundo,
no
fundo:
doce,
igual
melado!


Se
não existisse,
teria
de
ser
inventado!
E,
existindo,
impossível ser,
reinventado.


Tata Junq


*** Uai!
Carinho especial!
Amigos, sempreee!!!
Enviar um comentário