sábado, 5 de agosto de 2017

Coisas de Tata ...rsrs ...



Eu te vi.
Bem que te vi,
meu bem-te-vi.

Bem que fala,
meu bem.

Assim
você
que
se
mostra.

E
eu
viro
docinho,
melado.
Derreto
quando
se
põe
ao
meu
lado.

Eu bem-não-vi ... mas vi,bem-te-vi ...

Ecoam suas palavras.

E,
 me transmuto,
em
asas.

Tata Junq
Enviar um comentário