sábado, 24 de junho de 2017

Pensamentos ao Vento,qual balão ...Noite de São João.



É dia de Santo,mais um.
São João... sem fogueiras,sem eiras e beiras.
Faço pesquisas,assisto novela,escuto músicas,espio sites ...postagens ...e escrevo.
Bem eu,de tudo um pouco.
Menos pular fogueira ou tomar quentão ... nem pipocas ...nem frio ...nem comilanças de quermesses ...
Ohhhh messeeee!!!!
Penso apenas,que o ano chegou na sua metade,rapidamente,com todos os finalmentes ...
Cada dia,vencido.
Ano tortuoso,difícil.
Somos impotentes ... creio ... diante de muitas realidades,acasos,descasos,que nos acometem,sem 
que não os tenhamos escolhido.
Responsabilidades ... consequências,escolhas ou não ... sempre estamos no meio fio.
Dureza mesmo, são as aceitações.
Mas quem disse,que enfrentamentos são facilitados ou facilitadores?
Ohhhh messe!
Difícil lidar com dores,emocionais e físicas.
E superar as pressões ...
Tão mais confortante era ver balões nos céus ...mesmo sabendo dos perigos.
E eu os vi ...e foram tantos.
Não os vejo mais ...  ainda bem ... belos, que incendeiam e causam danos.
Saudade das fogueiras ... do fogo criptando ... lembram salamandras,mágico!
Saudade das cantorias ... das danças típicas ... das Festas Juninas nas escolas...dos Projetos ...
dos sorrisos ...
Amo o frio ... mas nem esse frio do inverno,enverga-me.
( Estou quentinha,abrigada.)
E,obrigada a tantas coisas.
E cada vez mais convencida,que reagimos às aprendizagens.
( Queiramos ou não.)
Aprendemos,vezes,na marra!
Dia de São João!
Ão!Ão! Ão!
Coração bobão!
Pensamentos ao vento,qual balão sem rumo.
Pingando breu.

Tata Junq
Enviar um comentário