sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Do Projeto, Reminiscências:Que será de Maria Rita?!



Há quantas anda,Maria Rita?
Sei não.
Fora ela mimosa e delicada como uma flor,petetica,nasceu.
(Doentinha.)
Fui sua ama de leite.
Tempo que leite jorrava de meus peitos,abundantemente.
Lembro-me,que retirava leite para três crianças,incluindo filho meu.
Hoje,dando conta do tempo,já se passaram 32 anos.
A vida também é um grande laço,como um abraço.
Eu abracei crianças,que nunca vi.Sabia delas no entanto.
Uma amiga vinha buscar o leite e se encarregava de o distribuir.
(Por muitos meses.)
Dou-me conta,exatamente hoje, por conta da aproximação de aniversário do meu caçula,de meus peitos murchos.
E,de minha alma repleta.
Tudo foi oportuno,digno,responsável e ato de amor.

Tata Junq
Enviar um comentário