terça-feira, 29 de novembro de 2016

Ecoa,ecoa!( Do Projeto,Palavras Ao Vento.)

E... blá,blá,blá,blá,blá,blá ...
Ti,ti,ti,tititi,tititi ...
Você não soube me amar ...
Você não soube me amar ...

Ecoa,na boa,ecoa!
...
Relacionamentos.
Nas descompensações,sempre haverá cobranças de insuficiências.
O outro(a) deve.
Não foi o bastante.
Julgamentos à parte.
Somos humanamente queredores,carentes de atenções,afetos,o bastante para preenchermo-nos.
Quando na verdade o outro(a) não pode exercer a função de coletor da felicidade e fazer depósitos
na alma de ninguém.
Se há pesos e medidas pro amar,tudo vai desandar.
Assim,na riminha pobre:
- Desandar.
- Desandar.
- Desandar.
...

- Quem se atreve A SE AMAR?!

Tata Junq
Enviar um comentário