terça-feira, 2 de agosto de 2016

Fotografando & Poetando & Musicando : MISÉRIAS..

                                       (Imagem por pesquisa ? Google)
MISÉRIAS.

Anoitecemos,
qual pó
na
estante,
em 
abandono.

O vento soprou
todas as tragédias,
e dores.

Ficamos,
lado a lado,
depositados,
qual sombra,
arredia.

E vultos,
fantasmas
de nós,
no
tempo
dos
desenganos,
desamamos.

DESABAMOS!

Tata Junq



 ***Música especial ... reforçando "idéias" ...é linda!!!(Obs.)***

Enviar um comentário