sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Assim poeta.



Amanheci poesia.
Você,
gafanhoto.
Praga!
Saga!
Insisti
ser
alegria,
mesmo
palavras
comidas
devoradas.
Busquei um pingo,
formei
letra.
Renasceu
argumentos
contentamentos
sendo
cada
palavra
doçura
por
cima
de
cada
amargura.

Tata Junq
Enviar um comentário