quarta-feira, 31 de agosto de 2016

SORRISO ... antes,só riso.


Fiz-me desenho,rabiscos no papel...
Cheguei tão perto ...
Na toada do vento,inclinei meus pensamentos.
Choveu apenas.
Choveu saudade,ternuras molhadas,desapercebidas.
Quis borracha passar em cada traço,em cada sentido.
Apagaria qualquer parte,menos meu sorriso,mesmo sabendo de que dele se esqueceu.
Este sorriso franco,que se irmana ao seu e,na distância se perdeu.
Insisto.
Sorriso meu procurando o seu.

Tata Jun

Crônica - Reflexiva : Né,não?!

                                        ( Imagem por pesquisa / Google )

Amar à beça,olhar sem pressa,lamber com a testa ...
Tão sem-pé-nem-cabeça ... empolgados risos,coisas de sem siso...
Olhar janela fechada,guardiã de segredos...
Lá estavam eles,em gemidos,devoradores.
Com fome,sem nomes,no anonimato.
As horas passaram absolutamente normais,com um quê do quero mais.
As peles se juntaram num frenesi ...sem igual.
Ele,ela,na fome,na cama redonda-de-amar.
Conheceram-se na mesa de um bar.
No,posso fazer companhia?
E cabe a curiosidade?
Estão juntos hoje em dia.
Aí?
Que aí é aí.
Tudo tem de ter nexo ou julgamento?
Tudo na vida é como chuva ou vento, cheiro de mato ... natural,acontece.
Né não?

Tata Junq

Do Projeto, Palavras Ao Vento: Vai dormir?

                                                 ( Imagem por pesquisa / Google )



Vai dormir?
Carregue consigo,a paz de uma etapa vencida.
Se bem ou mal,feita.
Mas carregar sorrisos e cuidados,para amanhã,é lição perfeita.

Tata Junq

Registro.




Em grades,odes.
Em Odes,grades.
O que se restringe,
morre.
O que morre,
enaltecido será.
A voz consagra.
A alma lavra.
Sem caneta,
sem assinatura.
O corpo emudece,
abaixo da terra.
A alma se eleva,
na busca do céu.
Fica somente,
a folha,
papel.
jogada ao..............léu!!!

Tata Junq

Simples assim.



Sonhei você,
assim,
sentado num banco
à minha espera,
na reserva
de
um tempo.
Sua voz,
acelera minh'alma,
celular no ouvido.
E me sento,
seguro sua mão.
Olhos nos olhos,
no calor de um afago.
Você
e
eu.
Podemos estar
juntos.
É afeto
mais do
que
assunto.

Tata Junq

( 08/07/2016)

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Enígma ou certeza?



Em meio às chamas,
o gelo,
a água,
a espuma.
Presa,
estática.
( Memórias,
apagadas.
Nem cinzas,
nada.)
Só o inteirar,
do inteiro,
ao meio
do que
nada sobra.

Tata Junq

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Do Projeto,Fragmentos. Morte ao Rei!

( Imagem por pesquisa / Google )

E a balança acusou peso a mais.
Que diabos!
Fiz tanta dieta ...
Pesa.
Pesaaaa ...
Pesam todas as dores,as ausências de cores,dissabores.
Morte ao Rei!
Que absoluto reina.
Orgulho maldito!
Ferido,qual guerra franca em território a conquistar.
Guerreiro aguerrido,tombado ao chão.
Morte a ele!
Sem muita dor.

Tata Junq

Assim poeta.



Amanheci poesia.
Você,
gafanhoto.
Praga!
Saga!
Insisti
ser
alegria,
mesmo
palavras
comidas
devoradas.
Busquei um pingo,
formei
letra.
Renasceu
argumentos
contentamentos
sendo
cada
palavra
doçura
por
cima
de
cada
amargura.

Tata Junq

Poetando às avessas!




No pensamento,
flor.
Na mão,
borboleta.
Aos pés,
caminhos.
Sob o chinelo,
corpo cansado.
Acima dos Céus,
Luz
para
os
desenganos.

Tata Junq

Existe uma saudade imensa ...

Canta o galo.
Mais uma madrugada insone.
São 04:24.
Tantas canções resgatadas neste período,na "sofrência"... rsrs...
Escutei-as...resgatei sentimentos e presença de minha mãe.Vou buscar mais uma ...



Está no código genético,"ser sentimental" ...rsrs ...
Mas herança maior, a determinação,a vontade,a coragem.
Sou uma Andrade,sim senhor!!!!
E,orgulho-me tanto dela.
E na saudade,parece que escuto sua voz, a me dizer tantas coisas ... chamadas para a vida.

Amo esse sorriso ...e amanheço com ele ... 
Quisera eu,dar tantas beijocas neste rosto rosado ,de covinhas ... como tanto eu fazia,em sequencial...
Hoje eu cantaria com ela ..."Sentimental eu sou ...eu sou demais ..."!!!
AMOR ETERNO!

Tata Junq

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

A um querido "Velho", seja qual for,esteja onde estiver,meu respeito.




Quando ternura-novidade, fui,mergulhado em sisais.
Trama fui marcado.
Virei tapete.
Virei lembrete.
Bem vindo ao lar.
Sujaram minha beleza.
Nas pisadas,marcas.
Em sujeiras,um sorriso esquecido.
Assim torcido,
depois de lavado,
sem graça,
sem viço,
Já não se lê,nenhum aviso.
Assim eu,tapete velho,
na porta dos fundos.

Do Projeto, Uma Alma Masculina

Velho Antônio
( Por Tata Junq)

#musicatudodebom & Pensamentando :"Ahhhhh...como eu amei ..."



Amei.
Amei.
Amei ...
Assim nas reticências.
Sem brevidades.
Sem economias.
Na  intensidade.
Sem covardias.
Em verdades,vos digo:
- Amei,amo e amarei.
Amor que coube a quem.
Amor que cabe  a quem.
Amor que caberá a quem.
Coração em liberdade!
Com gosto de saudade.

Tata Junq

Madrugada & Pensamentos & Uma canção bem antiga,resgatada.


Frio.
Um cão sem alma,
toma conta do vazio.
Alma quieta.
Livro em mãos.
Somente a canção.


Poço profundo.

















Ainda escuto o ranger da corda.
Balde que desce,
buscando água.

Então o poço.

Então eu,
tão lata-balde,
buscando sonhos.

Que fundura,
que sem luz.

Range a corda,
no peso que lhe cabe.
Como pesa,tanto nada!

Tata Junq

Sonhando em sonhar,sem um quando.


Sonhando em sonhar

Se me há tropeço,
que não caiam flores,
do buquê.
Se me há véu no rosto,
que levantado seja,
por ti,
selando meus lábios,
num beijo.

Subirei o patamar,
anjo,sem asas.
E em aliança,serena,
sem julgos,
teu olhar,parado,
nos meus.
Sem improvisos,
serei tua,
serás meu.

Assim beleza,
radiante,
jogarei buquê aos ares,
que fique em mãos querentes,
de amor tão profundo,
como teu e meu.

Braços firmes,
no compasso,
sincronismo
qual valsa
no salão.
Teu olhar no meu.
Meu olhar no teu.
Como o pão nosso,
de
cada dia,
um eu,um tu.
Nós.
Na fome
que transforma.
Na sede transbordante,
como taça entornada,
teus lábios e os meus.
Tuas mãos e minhas,
cúmplices,seguras.

Viver
ou
Morrer

Se sonho,inebriante.
Acordada,insisto ...
em
meu olhar,
carregar o teu.

Tata Junq

Lembrança desta canção,tão antiga ...



segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Poetando & Musicando : E ter ...








Meu olhar
busca
o seu,
sem
medos,
sem
segredos.
Minha boca,
na sede,
busca
seus
beijos.
Meu corpo,
desejos.
A alma,
encontro.
E ter ...
E-ter-ni-da-de.

Tata Junq

Pensamentando & Musicando : PAZ.



Se calo,falo.
Os pensamentos,são engrenagens,aqui arrolados,estão testemunhando,
as agressões gratuitas,palavras fortuitas e vãs,que tenho observado,aqui
e ali e acolá.
E penso nos desalinhos emocionais ...e questionamentos me faço.
Desamor? Alma mal resolvida? Baixa estima?
Quais motivos?
Não quero pensar em maldades.
Mas as pessoas,um dia, revelam-se.
Num tempo propício,mostram-se,tais quais são.
E,ou tornaram-se por hora.
Se não eram antes,o agora as empolgam e acabam sendo.
Acho, que nossos olhares amorosos,idealizam,desnorteiam-nos.
E muitas vezes,a realidade já era esta,mas nos passa "batido".
As surpresas são grandes.
Tranquilizo-me,de verdade.
Em outros tempos,as decepções me pegavam de jeito.
Creio,que cresci,amadureci,realmente..
Não posso ser indiferente,totalmente,porque um sentimento de pena me toca.
E,faço o exercício da compaixão.
Aprendi com a vida e sofrimentos.E aprendo.
Nunca fui perfeita,nem serei.
E,cada um busca a fonte para seu trilhar.
O Budismo,fez-me um ser melhorado,mais suave.
E quando digo,que sou amor,sou de verdade.
Sempre fui,mesmo perdendo por ser.
Este sentimento é pele,desde que nasci.
Nunca cultuei rancor.
Mágoas,o perdão as apagou.
Perdão aos outros,perdões a mim.
Não virei "Santa" ...
Só sou,uma alma em paz e grata,de verdade,à vida.

Tata Junq

*********************
Aqui,do Projeto, Palavras Ao Vento,que deixei no Facebook


Papo de "Mandingueiros"...
Sabe aquele papo,"joga sal grosso"...ou "toma banho de sal pra espantar maldades"?
Sabe qual melhor conselho de alguém de luz,que já ouvi?
Para os maldosos,pra energias ruins que cheguem a vc...SOPRA AÇÚCAR!!!!!
Então ....
Fuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!!!
PAZ,AMOR!!!
Isso interessa!!!
Boa tarde!
JUNQ

*************************Lembrei-me desta canção ...**************************

domingo, 21 de agosto de 2016

Fotografando & Musicando & Pensamentando : - Abre a porteiraaaa!!!!

                                    ( Do Projeto,Um Olhar Tão Meu / Tata Junq )




Porteira é limite.
Adentrar se preciso,só com aviso.
Vê a estrada?
É caminho a chegar a.
( Se nas retas ou nas curvas.)
Viver na simplicidade e no encanto!?
Assim coração,recebendo visitas.
Portas e janelas,no frescor da manhã,abertas.
Café cheiroso,gostoso e pão a partilhar.
Tudo simples,tudo belo.
Vá se achegando,
eu
permito.

Tata Junq

Musicando & Pensamentando:Amor?

Que tola sintonia,na sinfonia.
Que não abraça,não reina,nem quebra.
E vou cantando ...
Que é o amor?
Que é a paixão?
"Quem eu sou, pra querer entender o amor ..."?
Rio.
Afluentes.
Curso.
Encontro das águas.
Rumo ao mar.
Quem sabe,Pororoca!
Estrondosamente,amor!

Tata Junq

sábado, 20 de agosto de 2016

Musicando & Pensamentando: No silêncio,sou canção.

No silêncio,sou vento ... vou e vou e volto.
Atravesso a janela,nas canções que escuto.
Sou alma viva,corpo vivo,mesmo em cansaços e dores.
Minh'alma é canção,que chora e ri.






Agora é calma.
Uma nova manhã.
Eu atravesso também a noite.
Não há silêncio.
Porque ouço sua voz em despedida,ainda ecoando,perdidas.
Desencontradas.
Cada palavra em mãos seguras,pra ter certeza e para não serem levadas e apagadas.
Bem assim esta madrugada ...
"vem uma voz  ... dos beijos perdidos nos lábios teus..."
( Diz a canção ...)
Manhã tão bonita manhã ... porque a cada instante,e a cada dia sequencial,a vida pulsa.
Com ou sem você.
Agora,saudades suas.
 E sou brisa suave ...
Sente?

Tata Junq

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Musicando & Pensamentando : "Se essa rua fosse minha..."

Sabe a expressão,"Sem pé e sem cabeça"???
Se fôssemos crianças,desenharíamos em nossa mente a falta da cabeça e de pés ...
Sem cabimentos!
( Esse valor.)
De onde tirei isso, na madrugada?
Porque meus pensamentos viajam ...
E lembrei de ser criança ... e das brincadeiras de roda ... movimentos e canções...
E as canções inocentes tinham relevantes conteúdos adultos,muitas vezes.Tradicionalmente,
da Cultura Portuguesa.
Mas hoje, quero resgatar essa canção,nas lembranças.
A roda das crianças de mãos dadas ... eu,numa delas.
E,ou ao lado de meus filhos,pequenos e eu a cantar,como canção de ninar ... pra minhas netas,também.
" Se essa rua ... se essa rua fosse minha ... eu mandava,eu mandava ladrilhar ... com pedrinhas ... com pedrinhas de brilhantes para meu ... para meu,amor passar ...."
E na roda-da-vida,queria muito, um amor, a passar ...
Talvez minha canção de ninar fosse voz,querença,bem-querença.
Mas vai se perder na noite ...
E, dormirei qual criança embalada em sonhos.
Escutando a voz de minha mãe,embalando meu sono.
E eu,contente,imaginando um Anjo,roubador de coração.
Ahhhh ... se esta rua fosse minha ...!!!

Tata Junq


Prosopoetando: E se eu fosse flor?

                                      ( Do Projeto,Um Olhar Tão Meu / Tata Junq)

E se eu fosse flor?
Colheria-me?
Admiraria-me?
Tocaria-me?
Ignoraria-me?
Se eu fosse flor,sorriria,deslumbrante.
E se fosse água,mataria sua sede.
E se fosse açúcar,adoçaria-lhe.
E se fosse eu,
simplesmente
lhe abraçaria,
num riso
feliz
e
me bastaria.

Tata Junq

Receita do Amor,em forma que forma.

       
                                          (Imagem por pesquisa / Google )

Amar
+
Amar
+
Amar
+
Amar
_________________

AMAR

* Simples,simplesmente soma,cujo resultado é lógico.
AMAR,é AMAR!
ACRÉSCIMO.

Tata Junq

Assim-assim! Sou.

                                        ( Imagem por pesquisa / Google )

Se há um salto,
que seja 
gigante,
quase perfeito
ou
bem feito,
infinitamente desfeito
e
refeito.

Assim,
vida-minha.

Assim,
cumpridora.
Assim,
agregada.
Assim,
insistente.
Sou assim,minha gente!

Tata Junq

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Prosopoetando & Musicando : REALEJO.




Onde o realejo?
Quero minha sorte,tirar!
Sorte ou azar?
Passaporte,pra quem adivinhar!
Um sei o quê,um sei lá!
Talvez.
Quem sabe,
sua imagem.
vai apontar ...
Sorte ou azar?
Melhormente,
realejo escutar.
Vê-lo na lonjura do tempo,
que hora invento,
assim,
o tal de
desejo de amar.

Tata Junq


Poetando: Tempo & Vento

                                               (Imagem por pesquisa / Google )

O tempo e o vento.
No sopro do tempo,
o vento.
No relógio do tempo,
o vento.
Tempo que lhe busca,
vento que lhe assopra.
Entre tempo e vento,
todos os sentidos,
idos.
Idosssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...
Idossssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...
Idos!

Tata Junq

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Num quando,que desconheço.




Que há de ser da dor?
Se,não, minha companheira.
Que há de ser da vida,senão,sequência?!
Não morremos.
Mudamos de rumo,e renascemos.
A dor,sim,esta nos abandona.
Então,não se penalize de mim.
Tenha-me em lembranças,
amante da vida.
E,sorria.
De algum ponto,eu também sorrirei.
Depois do susto,olharei pra trás,mas irei em paz,
para possíveis abraços,na fronteira das ignorâncias,
de coisas,que nem sei.
Só a certeza que,somente,amei.

Tata Junq

Obs: Ah,sim! Assim ... espero, que não por hora ...rsrs ...
18/08/2016

terça-feira, 16 de agosto de 2016

SAGA DO AMAR (Prosopoetando.)




Se eu amasse agora,
não seria leite,
derramado,
por descuido,
nem vento
ao acaso.
Nem flores
secas de outono.
Nem mares,
bravios.
Nem ausência
 de cor.
Se eu amasse agora,
seria semente
a
germinar,
crescer,
enraizar.
Se eu amasse agora,
buscaria na certeza,
solo-útil,
generoso.
Se eu amasse agora,
ahhhh ... se eu amasse agora ...
teria escolha,em meu sonhar.
Teria um pra sempre,
a germinar.
Mas ...
ficou difícil,
esse amar.
Pássaro bicou e
levou semente,
pra tão longe,
pra tão longe,
...
Em que paragens,
deve estar?
Onde coube,
meu amar?
Foi pra nunca mais voltar.
De tão belo,
virou pérola,
na concha-do-amar.
A-MAR.
Ah,mar!
Ninguém há de encontrar!

Tata Junq
(16/08/2016)



sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Do Projeto,Palavras Ao Vento: Pisca Alerta.

                                              ( Imagem /pesquisa Google.)

"Cão que ladra,não morde."
(Dito Popular.)
Pergunto:
- Não morde?
- Certeza?
Vai nessa,viu?!

Deslizo na METÁFORA.

Tata Junq

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Entre Sol e Lua.

                                     ( Do Projeto,Um Olhar Tão Meu / Tata Junq)



Lá estava ele...
E o dia,amanheceu ...
Eu retornava a São Paulo ...
Corpo cansado e alma preparada para novas lutas.
É assim e tem sido.
A falta de saúde,sacode-me a cada dia.
E cada dia,cabe-me perfeitamente.
Sou Sol.
E,Lua.
Sou Vírgula.
Vezes, Ponto e Vírgula.
Em contínuas Reticências.
Um dia,serei Ponto,estanque.
Tão certeza,como a noite e o dia.
Ciclo da vida.
Fluxo do tempo.
Sem remar contra o vento ...
Segue o "BAILE"!
E eu ensaio,ainda,novos passos.
rsrsrs ...
Não sei se na Terra ...ou, ... a caminho dos Céus!!!
( Sem perdas do bom humor.)

Tata Junq

                                           ( Do Projeto,Um Olhar Tão Meu / Tata Junq )

Fotografando & Poetando & Musicando( Meramente ilustrativo.): QUEM DERA.



Quem dera ...

Quem dera,poder ir de encontro ao vento.
Quem dera,sonhar contido,no inverso.
Quem dera,ser,sem ter sido,contente.
Assim,sentido.
Assim,invertido.
Querer,querido.
Querer além.
Querer sem querer,querido.
Que-ri-do.
Ido.
Sem ter partido.

Tata Junq


quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Singelo Poetar.

                                        (Imagem por pesquisa / Google )


Amei
e
não me dei conta
da
dor,
esperando amor.

E qual criança,
cirandei e
joguei o mal-me-quer.

Quer-não-quer?

Pétalas ao chão,
esperando redenção.

Tata Junq

REGISTRO / VIDA



"Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."
(Fernando Pessoa)
***AGRADECIMENTOS A MEU PAI!!! ***
E, a todos os pais,o meu respeito.



Resgatei a foto de minha infância...
E justifico esta.
Fui criada na liberdade de pensar e agir ...junto à Natureza,aos esportes...aprendi a nadar,remar ...
(No Rio Tietê ... limpo,"respirando".)

Felizes tempos.



*** Ainda,primo pela LIBERDADE do ir e vir e sobretudo,agir.

Ainda posso caminhar ...
Sonho,vivo,aconteço.
Agradecida.





E,pude,infelizmente,em minhas andanças,registrar este Rio Tietê,com lamentos.





********************









Resumindo,

Minha cam ... "fala" por mim ...
E,a FERRAMENTA-PALAVRA ... ahhhh ...essa é AGUDA,desde que nasci.
No primeiro choro,nos demais... balbuciando as primeiras palavras ...
Se CRIATIVA,ou HUMANAMENTE-VIVENTE, transpareço.


          Tata Junq
Tania Junqueira Soares
( No SANGUE: ANDRADE,JUNQUEIRA,MUNIZ,OLIVEIRA.)




segunda-feira, 8 de agosto de 2016

MANIPULAÇÕES / Importância das PALAVRAS & AÇÕES.




( Pesquisa por imagem // Google )

As palavras, em"tropeços",parecem se perder em escadas,degraus ...
Catastroficamente,arrebentam...fazem tombar.
Assim,palavras impensadas ... ou,certeiras ...ou,ludibriantes.
Fico impressionada com os desalinhos ...
Não recomendo as impensadas,as certeiras,intencionais,que são espontâneas,previsíveis e claras. Mas abomino,as ardilosas,mentirosas,arquitetadas.
Caem e carregam pessoas,escadas abaixo.
Criminosamente,machucam.
Vezes,mostram caminhos suaves,através do envolver,nas desculpas tramadas,pra não perderem-se focos.
São como adestramento de cães.óbvias palavras,e comando certo.
Comando,pra não haver distâncias e manter-se controle de uma situação.
Egoísmos,apenas?
Creio, que também.Mas,mais que isso,covardia,autoafirmação e falta de caratismo,acima de tudo.
Há quem nasceu pra manipular.
Doentio isto,assustador e nojento,simultaneamente.
Dependências emocionais,são assim.
Dependentes,vivem das migalhas ofertadas,na maioria das vezes,tão bem elaboradas.
Não faço distinções,homens ou mulheres,não importando suas escolhas sexuais em seus relacionamentos.E,falo também,do conviver socialmente.
MANIPULAR,é criminoso. E,DEIXAR-SE LEVAR,é doentio.
Quem cuida de que?
Quem cuida de quem?
As avarias emocionais e físicas,precisam de cuidados especiais.

****AMEM-SE!!!!*****
***** PROCURAR APOIO ******.

Tata Junq

sábado, 6 de agosto de 2016

Do Projeto, Palavras Ao Vento: S/ Olimpíada 2016 / Brasil /RJ Alguém, tem medo de admitir, que está bonito?!







Bonitoooo de ver!!! Aplausos às meninas do futebol ...
Tem "chão" pra medalhar ...mas tá bonitooooo....e,direito a um gol de honra das Suecas ...natação, temos finalistas...tiro,prata.
Vimos ginastas se redimirem aos "seus fantasmas"...que bom ver tudo isso.E,ver momentos de alegrias, neste nosso país,tão conturbado.
ALEGRIA A QQ HORA,SEMPREEEE!!!
BOMMMMMMM ISSOOOOOOO!!!!
Não esquecemos dos "ABACAXIS",no entanto,não!...
Tenho certeza.
Eles serão resolvidos... nosso POVO TEM FORÇA NO VOTO.

Tata Junq
* Imagem por pesquisa / Google

Momento.


MOMENTO

No abandono,
pedaços.
Sou capela,
na

em
trapos.
Em lágrimas,
qual riacho.
E,solitária,
qual samambaia-do-mato.
Perdida,
Imprecisa.
Vazia.
Sem o calor
de
um 
abraço.

Tata Junq

Do Projeto Palavras Ao Vento: OLIMPÍADAS 2016 / Brasil / RJ






Olimpíada 2016 /Brasil / RJ
Não sou de ficar"em cima do muro"...
Surpreendeu-me a Cerimônia de Abertura ... Arte & Tecnologia & Criatividade louvável & Empenho de muitos & Mensagem Global de cuidados ao Planeta..etc e tal...
DESTOANTE,apenas NOSSO REPRESENTANTE OFICIAL ...representante do CAOS QUE ENFRENTAMOS.UM PAÍS DESMORALIZADO,INJUSTO SOCIALMENTE,DEVEDOR DO BÁSICO,EDUCAÇÃO,SAÚDE ...e,COM 'CARTEIRINHA ASSINADA"COM A CORRUPÇÃO,FALCATRUAS,ROUBOS,DESVIOS...
E, difícil ver beleza de evento e feiura nacional reinante.
Antagônico.
Quanto à PRESERVAÇÃO DO PLANETA,digno,justo e sem pestanejar,necessário.
E,dane-se se há países,que contribuem poluindo e se possuem representantes na Olimpíada.
Que se virem pra CONSTRUIR e não DESTRUIR!!!!
****** ****** ****** ****
UMA COISA & OUTRA COISA
***** ***** ***** *****
Estou seguindo todos os passos possíveis,dos atletas nacionais e internacionais.Por quê? Porque amo ESPORTES ...fui criada "em meios esportivos",desde "petitinha" ...
O que é reservado aos ATLETAS?
Nas competições,pessoas testam suas capacitações,determinações,esforços,coragens e garras ...e "sabe-se Deus" como chegaram a.
Na certa um querer,um desafio de si próprio.
Aplaudo,por antecipação cada ATLETA,seja a que PAÍS PERTENÇA ...
É isso.
Vejo agora Judô ...e a brasileira Sara contundida ...lutou o que pode ...
Assim ,nós brasileiros,valentes...sobrevivemos...mas capazes pra "VIRAR esse JOGO POLÍTICO", que nos assola.
Tania Junqueira Soares
Tata Junq
JUNQ

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Do Projeto,Uma Alma Feminina: Linda Maria, o seu nome.



Assim solitária,meio que lunar,foi ela,durante uma vida.
Linda e inatingível.
Não se deixou invadir.
Assim foi Linda Maria,seu nome.
Foi serenar no céu!
Do manicômio,foi refém.
Surtou,menina ainda.
Aquela cidade,tão pequena e em atrasos,ainda,revela-me fatos.
Histórias,que o povo conta.
Possuída por demônios!
Exorcizada,pelo clérigo,com métodos absurdos,aceitos pelo povo,porque sua postura era lei.
Depois de dias consecutivos,seus grunhidos e guturais sons,foram cessando.
E,num domingo,dedicado aos Anjos,ela emudeceu.Seus olhar ficou distante,perdido.
Tinha lindos olhos esverdeados,rosto tão lindo e angelical.
Diziam, que tinha virado Anjo.
Hoje,Linda cerrou seu olhar,aos 98 anos.
Há uma romaria na cidadela. Todos querem olhá-la,tentar tocá-la,buscando milagres.
É certo pensarem,que virou Santa.
Crendices.
Vim para Lusitana,para averiguar dados,convidada por um amigo,que um dia passou aqui ao acaso.
Disse-me,que seria perfeito para teses que desenvolvia.
O que menos esperávamos,era seu desencarne.
Lógico,que ao passar do tempo,o Abrigo dos Loucos,fora desativado.
Linda Maria foi cuidada pelas Irmãs de Caridade,as Carmelitas.
Pude vê-la,numa visita rápida,na semana retrasada ... depois de muitos argumentos e mostrando minhas credenciais.
Era gordinha,baixa e evasiva.Tomou um chá com dificuldades.
Desisti de perguntas,porque nem ao meu boa tarde respondera. Aliás,falavam por ela.
Soube então,que em todos esses anos,jamais emitira uma só palavra.
Gemidos,uns tantos,quando banhavam-na e trocavam suas vestes.
Soube pelas línguas-de-trapos da cidade,que teria muitas marcas no corpo,das lambadas,que levara,
quando nas tentativas de expulsarem seus demônios.
Gemeria de dores atuais? Ou pelas marcas d'alma de menina?
Havia flores no quarto.
Nem sei se porque eu e Geraldo estaríamos por lá.
Era um quarto pequeno,mas muito limpo.
Deveras,limpo.
Estava semi sentada,para poder tomar seu chá.
Os cabelos,muito bem cuidados,pareciam painas,de tão branquinhos.
Vi uma beleza,serena.
Mas vi também uma distância,que se estabelecia,como se ali,não estivesse.
Mecanicamente,qualquer movimento,tão minimizados.
Posso pressupor,mas nunca saberei sua realidade. Viveu no paralelo.
Pobre criatura.
Queria esmiuçar ... mas não tive acesso às suas fichas médicas.
Não quero participar do funeral.
Geraldo o fará.E sei, que fará registros fantásticos,porque não lhe falta talento,como exímio fotógrafo,que é.
Eu observo minhas anotações e gravações dos depoimentos conseguidos.
Quero estar tranquila e racional.
Mas aquele olhar me pegou de jeito.
Imagino seus olhos fechados,merecidamente em paz.
Já estavam para o mundo dos "normais".
Normais?
Quem,loucos?
Que é sanidade?
Que é Anjo?
Que é Demônio?
Quem foi Linda Maria?
A que veio ao Mundo?
Perder-se no tempo?
Olho a janela,fecho-a, num ímpeto.
Quero o escuro breu ...
Experimentar o impreciso.
Mas não consigo.
Minhas idéias,ruminam dentro do meu cérebro,em tormentas.
Vim prum Fim de Mundo ...e nada tenho de respostas.
O Mundo da Demência é pesado.
Muito a estudar ainda.
Insatisfeita,amanhã retorno à Capital.
Longo caminho.
Longo caminho,o do conhecimento também.

Cris Monteiro
( Uma Alma Feminina.)
( Do Projeto,Uma Alma Feminina.// Tata Junq)

Do Projeto,Palavras Ao Vento ...Sugestão para TODOS os DIAS.




"O que se opõe ao descuido e ao descaso é o cuidado. Cuidar é mais que um ato; é uma atitude. Portanto, abrange mais que um momento de atenção. Representa uma atitude de ocupação, preocupação, de responsabilização e de envolvimento afetivo com o outro."
(Leonardo Boff)

Desejo-lhes serenidades,um bom descanso,e sobretudo,ATITUDES!
Responsabilizemo-nos.
( Sugestão,apenas.)
JUNQ

*Ilustração,singela.
(Imagem por pesquisa / Google.)

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Fotografando & Poetando & Musicando : MISÉRIAS..

                                       (Imagem por pesquisa ? Google)
MISÉRIAS.

Anoitecemos,
qual pó
na
estante,
em 
abandono.

O vento soprou
todas as tragédias,
e dores.

Ficamos,
lado a lado,
depositados,
qual sombra,
arredia.

E vultos,
fantasmas
de nós,
no
tempo
dos
desenganos,
desamamos.

DESABAMOS!

Tata Junq



 ***Música especial ... reforçando "idéias" ...é linda!!!(Obs.)***

Do Projeto, Alma Feminina: Quisera.

                                       

(Pesquisa por imagem. / Google./Michelangelo-Buonarroti-Male-Nude-Seen-from-the-Rear-recto-2-/ )

Quisera tocar seu rosto,seus olhos,sua boca,qual tato-de-cego.
Profundo,descobridor.
Tocar seu corpo nu,sentir seus poros abertos em arrepios.
Saber-lhe vivo,disposto.
Saber-lhe ardor.
Saber-lhe amor.
Saber-lhe prazer.

Quisera encurtar distância.
Quisera ter-lhe meu.

Fugaz!

Meu olhar não lhe alcança.
Minhas palavras, não lhe alcançam.
Minha mudez se instala.
Só a música soa,e também não ecoa.

Fugaz!

Ausência sua.
Ausência minha.

Registro de um mero e sonhado,instante.

Quando fui sua e você meu.

Brevidade.
Momentos em registro,na saudade.

Uma Alma Feminina
Hermínia.
( Por Tata Junq)

Assim minh'alma



                                       (Imagem por pesquisa / Google)


Onde o deserto
de
minh'alma?
Onde o oásis,
a saciar minha sede?

Calor abundante,
areias quentes,
ventos e
tempestades,
intermitentes,
e
um caminhar,
desertor e
solitário.

Minh'alma
tem
trilhas,
percorridas
e
marcas perdidas
de
toda uma vida.

Somente ela
me lê,e
eu a ela.
Feliz ou descontente.
Ela sou eu.
Eu sou ela.

Inóspita,
desértica?
Quem a julga?
Quem a vê?
Será sempre uma
incógnita.

Um quebra-cabeças,
faltando uma parte,
deixando
e
s
p
a
ç
o
.
( Assim,alma-de-poeta.)

Tata Junq

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Fotografando & Musicando & Prosopoetando.


( Do Projeto, Um Olhar Tão Meu / Tata Junq )





LETRA

Luz do sol em meus ombros - me faz feliz
Luz do sol em meus olhos - pode me fazer chorar
Luz do sol na água - veja como é bonito
Luz do sol a ponto de - me fazer sempre contente


Se eu tivesse um dia que pudesse dar a você
Eu lhe daria agora mesmo um dia igual hoje
Se eu tivesse uma canção que pudesse cantar pra você
Eu cantaria uma canção que ajude você seguir melhor seu caminho


Luz do sol em meus ombros - me faz feliz
Luz do sol em meus olhos - pode me fazer chorar
Luz do sol na água - veja como é bonito
Luz do sol a ponto de - me fazer sempre contente


Se eu tivesse um conto que pudesse contar a você
Eu contaria um conto que pudesse fazer você sorrir
Se eu tivesse um desejo que pudesse desejar a você
Eu desejaria que o sol brilhasse o tempo todo


Luz do sol em meus ombros - me faz feliz
Luz do sol em meus olhos - pode me fazer chorar
Luz do sol na água - veja como é bonito
Luz do sol a ponto de - me fazer sempre contente


Luz do sol durante o tempo todo me deixa contente
Luz do sol, a ponto de sempre



**************************************************************

Se eu pudesse,
seria
Luz-do-Sol.
Mas sou Lua,
represada,
no
mar.

Tata Junq