quarta-feira, 27 de julho de 2016

Essa tal de liberdade ...


Há um "Quê de liberdade,que me assiste.
Há um quê de liberta, que me desperta.
Mas há,algemas delicadas,que me cerceiam e alimentam.
O toque.
Há quem nos toca de alguma forma e nos faz cativos.
Há quem nos ame,sem algemas.
Evolução.
Fazemos parte de uma cultura de apegos e domínios.
Posses.
Possessões,preconceituosas.
(E,amar é ter o outro.)
Quando na verdade,seria o conviver,respeitando as individualidades.
Sabe?
Eu me complemento contigo.
Tu te complementas comigo.
Mas somos um,cada um!
E,libertos a agir,pensar,escolher.
Então?
Então é então.
Pois é,é pois,é.
Liberdade é liberdade.

Tata Junq
Enviar um comentário