quinta-feira, 14 de abril de 2016

Nem sei porque ...nem o porquê.Sei?



Se pássaros cantam,nem sei porque.
Se você canta,nem sei porque.
Se canto,num canto qualquer,
busco você.
Se canto saudade?
Sau-da-de-sur-da,
que não expande,
morre no canto da boca.
E o canto emudece.
Sequer acontece.
Sequer.
Quer-se.
Se quer,
se basta.
E a alma?
Entristece.
Assim acontece.

Tata Junq
Enviar um comentário