quarta-feira, 20 de abril de 2016

#musicatudodebom ...Um" dedo de prosa",na manhã que se inicia ...




                                          ( Do Projeto,Um Olhar Tão Meu.  //Por Tata Junq)

Somos sombras,até nos revelarmos ...


Crasy

Meu teclado agora é como se fosse dedilhado,qual piano ...suave,profundo,dedos capazes,alma capaz ...
A suavidade da música ofertada por um amigo,é abrigo.
LOUCO! LOUCURA!
Quem somos?
O que há de loucura em cada um de nós?
O Mundo enlouquece?
Cresce desordenadamente ...
E penso nas luzes das cidades ...umas por certo já acesas ...outras anunciando ainda a escuridão da noite.
Acordei na madrugada ... olhei através da minha janela o céu...e pude alcançar somente dois brilhos ...tão distantes ...e quando busquei-os novamente,estavam encobertos ...a poluiçao os matou.
Quantos brilhos são apagados?
( Internos e externos.)
Perguntei a um amigo,como é viver no deserto?
Disse-me,difícil,mas lindo.
Imaginei as milhões de estrelas que seu olhar poderia alcançar ...
Deveria ser magnífico ... mas a palavra "difícil",era uma realidade palpável.
Assim o Mundo,cheio de idéias,ações ...
Um Mundo vibrante,construído aos poucos.
Louco!
Denso!
Mudo.
Que muitos sequer escutam,balbucios.
Nem  o vê na sua magnitude,beleza e feiuras,loucuras,todas.
Nem dão-se conta que há vidas aqui e ali ...além de suas próprias.
E na loucura do dia-a-dia,loucos são,desenfreados,buscando a sobrevivência.
( Cada um a seu modo.)
Somos loucos ou normais?
Normais-insanos?
CRASY WORD ...intitula-se a canção.
Mas é na suavidade,que mora a loucura-da-pacificação, obrigatória, que somos movidos a ter.
Felizes os "LOUCOS-SONHADORES"!!!!
( Que  sonham e ousarão fazer deste Mundo,uma morada melhor.)
E eu dedilho letrinha a letrinha de meu teclado,suavemente,no silêncio deste dia que se inicia.
Solfejando,amor!

Tata Junq
Enviar um comentário