quarta-feira, 30 de março de 2016

Imagem sugestiva ...pensamentando aqui com meus "botões" ...MIGALHAS.


  ( Imagem por pesquisa. / Assinatura,parte inferior,lado direito.)

Migalhas ...
Servir.
Fragmentos de doação.
A menina e os pombos ...
Alimentação ...
Parece ter hora marcada pra estar na praça e cumprir seu objetivo,planejado.
(Vide cestinho.)
Comparando.
(Homens,mulheres,crianças.)
Há quem receba migalhas ou quem doe migalhas.
Migalhas de amor,de atenção,de compreensão ... não falo da alimentar,física.
(E não são o bastante.)
Ninguém em sã consciência quer viver de migalhas,principalmente das obrigativas.
E em oferecendo-as,há um responsabilizar-se.
Cativar por tão pouco é atroz,muito  manipulador,cômodo e cruel.
Que não se "sove" terrenos,pro(a) outro(a),nem que se semeie tão pouco.
Creio que seja infeliz ,aquele(a) que vive de migalhas alheias.
(Intrinsecamente,inconscientes ou não,erram.)
Sabe-se lá como os seres acordam para suas realidades e se são capazes de reverter aquilo
que não lhes acrescenta,ou que tão pouco lhes acrescenta.
Penalizo-me de quem vitimizado está.
Pena ,não é um sentimento bonito,no entanto.
Atrevo-me a dizer,que não vivo de migalhas alheias e que aprendo a cada dia,saciar-me,
de meus plantios,cuidadosos,ricos,nutrição necessária,equilibrada.
Creio, que sejamos merecedores, de almas muito bem alimentadas.

Tata Junq

Enviar um comentário