segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

PENSAMENTANDO (É preciso conhecer limites,creio) & # MÚSICATUDODEBOM ...

"Matutando"aqui.

A partir dos limites,aprendemos a lidar com os "freios".
Simples assim.
O que a vida nos reserva?
O plantio de nossas ações.
Entender limites impostos e, ou,consequentes, mudar hábitos,buscar novos horizontes,não são tarefas tão fáceis.
Reordenar-se,não é fácil.
Mas a vida rola,qual bola na ladeira.
E rolamos juntos ...
E,não adianta termos bandagens,paliativas.
Cair,levantar!
Ou,descer na calma e equilíbrio,pra não ralar de novo e machucar.
Não tem nexo sofrer,se podemos escolher o não sofrer.
E não me venha com a "estória",que sofrer faz parte,eleva a alma ...e coisa e tal...
A alma eleva-se na paz,nos entendimentos ... sejam de quaisquer "dissonâncias".
Creio que aprendo ainda a usar os freios ...
Ando devagar ... já tive pressas ...e,ferrei-me,literalmente.
Estoquei-me.
Sangrei.
E,mesmo achando que na maturidade,sabemos um tantinho a mais,não sabemos tudo.
Aliás,a vida é um processo de aprendizagens,sem fim.
Então,ralemos menos!
Então,sangremos,menos!
Devagar com a pressa desenfreada ... sem medidas de consequências.
Dosagens,faz bem.
Mas ...
Deixar de agir,jamais!
E quanto ao fator,destino ...
( Continuo a questionar.)
Se possível,já ser traçado,nós o modificamos,nas tomadas de atitudes ou na ausência delas.
Tata Junq

Enviar um comentário