terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Há pressa,APELO.






Se há um amanhã,que seja agora!
Tira as armaduras!
Abaixa tuas armas!
Dize a que veiste!
Mostra tua alma!
Algoz ou pacifista,
louco ou são,
anjo ou demônio,
temente ou temido ...
A que veiste?
Distorçamos o Destino,
mesmo em delito.
Revelemo-nos,
aqui,
agora!
Mea culpa,mea culpa,mea culpa,mea culpa, mea culpa, mea culpa ...
...  in caelis.
In nomine Dei!

Tata Junq

Enviar um comentário