domingo, 3 de janeiro de 2016

QUEM ME DERA ... Pensamentando & Musicando




(Aos SERES,que algum dia,participaram de toda essa jornada,de  alguma forma...
Dedico-lhes,um querer ... Na saudade,de suas presenças.)

QUEM ME DERA

Trazer as ondas do mar,até meus pés ... e,andar,andar e andar ...sentir a brisa marítima ...
Quantas vezes fiz isso na vida...
(Perdi a conta.)
Nos bons ou maus tempos ...
Repetiria hoje o ritual,sentindo minha natureza liberta.
Ou papear longamente,vendo estrelas no céu ...
Ou cavalgar,livre ao vento,desordenada,já o fiz,nem tantas vezes.
E rir dos tombos ...inclusive de porteira.
Ou,banho no rio ...
Ou,banho de cachoeira ...
Ou,correr da vaca brava ...
Ou,comer goiaba do mato ...
Ou amora,do quintal ... do vizinho ... rsrs ...
Ou cantar e dançar na rua ... ou ao lado de um coreto ...
Ou cantar num coral,dentro de um hospital ...
Ou subir em árvores ...
Ou destemidamente,voar num balanço ...
Ou estar num brinquedo radical,de um parque ...
Ou dançar na roda ...com passos marcados ...
Ou estar num pedalinho,de língua de fora,pelo esforço ...
Ou nadar até um iate distante,testando resistência...
Ou mata a dentro,driblar os medos...
Ou vencer num jogo acirrado,cuja bola depende de sua impulsão ...
Ou dormir escutando a rádio da cidade ...
Ou espiando a serenata ...
Ou andar de moto ou lambreta ... ou de fusca,atravessar pinguelas ...
Ou dormir no chão ...ouvir e contar estórias assombrosas ...
Ou acender um lampião,e deliciar-se com o fogo de uma fogueira,num dia de frio ...
Ou resgatar risadas e gargalhadas,diante do ridículo ...
Ou sorrir com os olhos ...
Ou beijar com paixão ...
Ou beijar com a alma ...
Ou estar num cinema ... ou rolê num shopping ...
Ou comer sushi em bela companhia ...
Ou brindar aos sonhos a realizarem ainda ...
Ou abraçar com o peso do real carinho ...
Ou chorar num ombro-amigo ...
Ou sambar numa avenida ...
Ou escrever poemas,na madrugada,num dueto cúmplice ...
Ou trocar confidências,sentados nos degraus de uma escada ...
Ou fotografar a Lua,ou o pôr-do-Sol ...
Ou gritar bem alto,pra Deus escutar ...
Ou na missa estar,de joelhos ...ou num Templo Budista a meditar ...
Ou seguir estrada ... chão batido ...
Ou seguir estrada,num ônibus ou carro,ou charrete ...
Ou seguir destino num trem ...
Ou aproximar-se através de uma telinha de computador ...
Ou... Ou... Ou ...
Ou,escutar essa música de agora ... essa posso ...
(E,que bom.)
"Sou a gota d'água,sou o grão da areia ..."
 Sou o que quis ou quero ser.
"É preciso amar" ...e,sobreviver.
(Autenticamente,imperfeita.)
Quem me dera ser ainda,um tantinho de você!
(Cabendo,no seu jogo macio,de viver.)

Tata Junq

Enviar um comentário