domingo, 23 de agosto de 2015

Precisa-se ...



Precisa-se de tempo,para reorganizar o tempo.
Precisa-se de tempo em tempo.
Precisa-se de um tempo.
De esperas?
De alcances?
Precisa-se de sociedades mais justas,humanas,cooperativas.
Precisa-se de líderes?
Que sejam capacitados,descompromissados de vaidades,interesses políticos,arquitetados em benefício de uma única sociedade.
Existe um precisar,urgente.
E, por hora,neste amanhecer,posto agora um desejo delirante ou demente,tão somente.
Assim rimante,nada contente.
Atrás das portas, incoerentemente,o tempo concentra-se.
Quem consegue juntar,toda essa gente?
Atrás de um tempo,um ser.
Precisa-se de orbitação contrária?
É irrelevante?
Sei de mesmismos ...
Um sabiá canta,agora.
É senhor de um tempo,nesta estação aparece.
Se o escutam,não sei.
Eu o escuto,num tempo que ainda me cabe.
Devo sonhar com um melhor?
Tempo ...
Para ainda "ESCUTAR" BELEZAS,mesmo SEM Vê-LAS!
Tempo ...
Para ainda "OLHAR" e "SABOREAR" ..o alterado e inalterado,sem muitas exigências?
NÃO SEI COMER PELAS BEIRADAS!!!
QUERO URGÊNCIAS!!!
Tata Junq
Enviar um comentário