terça-feira, 23 de junho de 2015

Musicando & Poetando OUSO.




"Quem tem coragem de ouvir...amanheceu o pensamento ...que vai mudar com seus moinhos de vento ..." ( Diz a canção.)

***EU OUSO***
Medir novamente,
sua mão e a minha.
Minha pequena,
 pouso de emoção grande,
na sua gigante,
em sonhos.
Por hora,vazias,
gélidas,
qual mármore,
em
túmulo.
Amor morto,
antes
de
nascido,
renegado.
Em segurando
a
minha,
esperança
sequestrou.
Ousou matar,
o que de mim,
mais bonito,
amor.
a
perpetuar.

Tata Junq

* texto inédito,aqui agora escrito./ via Youtube/Barão Vermelho/O Poeta está vivo.
24/06/2015

Enviar um comentário