domingo, 3 de maio de 2015

Poetando às Avessas ....MORTA.


Na minha invisibilidade,
chego tarde,
chego cedo,
chego nas longas horas,
saudosa.
Morta.
Do meu cadáver exalam
enxofre & rosas.
Não sou anjo,
nem demônio.
Sou eu,
às cegas,
vagante,
querente,
qual
orvalhos,
pendentes,
um
tantin
de
amor.
Tata Junq
Enviar um comentário