segunda-feira, 18 de maio de 2015

Eu em flor.


No vaso d'alma,flores.
Tiradas de meu jardim ...
então,
esquecidas,
guardadas.
Qual
girassóis
ao
vento,
direção ao Sol,
ousam florescer,
e

cada
botão
despontado,
roubado,
sorriso
mesmo
escondido,
orvalhado,
noturno,
cansado.

Tata Junq


Enviar um comentário