domingo, 29 de março de 2015

Sinopse ...Pareces,não! És!

Sinopse

Quanto mais te olho,menos te entendo.
E,meu olhar seleto e denso,
julga.
Não a tua aparência,
mas cada ato que te sustenta.
Pareces a Torre de Babel,em línguas,num surto.
Falastrão!
Sem essência.
Sem cor,
sem pilares,
vazio,
egoísta,
vão.

Tata Junq
Enviar um comentário