quinta-feira, 5 de março de 2015

Pensamentando & Musicando, a vida.(Do Projeto,Alma Feminina.)

E vi lágrimas que viraram pérolas em conchas,deformadas.
E os olhos azuis,sorriem, mesmo assim.
Porque sorrisos,são mares.
Mares,são Via-Láctea,em brilhos de brios-encantados.
Eu amei,tu amaste,ele amou,nós amamos,a beleza-ímpar,
dos sorrisos,sérios.
Sorri,sorristes,bem fundo,profundo.
Insanos momentos,atrevidamente,sonoros.
Os sorrisos,vibraram em risos,de contentamentos.
Eu mordi meu lábio,quando queria morder o seu,num pacto
sangrento,de amor,duradouro.
Mas a boca ...ahhhh a boca!
Murchou,como rosa maltratada.
Os risos cessaram.
O sorriso, insalubre,geme.
Os olhos cerraram-se,depois de vertentes em dor,aguacentos.
O amor,preso em concha,pérola rara,de perfeito a deformado.
E, meu sorriso,não junta-se ao seu,como dia e noite,perde-se na amplitude das horas, que esvaem-se... devagarzinho, como cruéis areias de ampulheta.
E,vou-me,devagar,como ele.

( Uma Alma Feminina.)


Tata Junq


Enviar um comentário