sábado, 7 de março de 2015

In Memoriam: o causo,do causo,inventado. Rei ou Rainha?

                              ( Imagem,retirada do Google.)

Na janela,Florisbela.
No castelo,Androceu.
Duma flor,sem pestilos,
Clemilda nasceu.
Para abraçar o mundo,
você e eu.
Sonhos de donzela,
resolveu ser,
Romeu.
Recolheu sonho a sonho,
a sociedade-ativa,
mostrou seu lugar.
Hibernou num castelo,
virou
crisântemo,
do vaso-adorno,
no
túmulo de
amor seu.
Floriu preconceito,
adornou cada pensamento,
num único lamento,
com força de rei.
E, se reis ou rainhas,
castelos abrigam,
isto não sei.
Quem é rei?
Quem é rainha?
Numa masmorra?
Trancafiados?
Só sei dos que ousaram,
e foram degolados!

Tata Junq


Enviar um comentário