quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Do Projeto,Alma Feminina,Noé.



Inverno.
Ela,invernou também,envolta às lembranças.
Naquela sala havia quenturas,saudade morna,ainda,dos afagos ...doces lembranças.
Sofás vazios,ausência da família.
Companhia dos gatos,já envelhecidos,também.
E deixou-se envolver pela preguiça ...
Uma calmaria tomou conta de seu ser,completamente.
A cuidadora,percebeu o sono excessivo ...e, também sua ida.
Pacificamente,tranquila,fez sua passagem.
E, a vida?
Continua ...
Invernos,verões,primaveras,outonos ...
Olho através da janela,aquela casa agora vazia.
Saudades da dona Noé, do seu sorriso doce,da sua mansidão de espírito,
das suas histórias,dos seus sorrisos, de suas lágrimas ... das partilhas ...
Um dia,serei eu,a despedir-me.
Nostalgicamente,meu olhar alcança,as rosas,que resistem lá fora.
Uma beleza que se compara à Noé.
E,sorrio.
Creio que é o melhor a fazer agora.
Noé,virou, Anjo-Criança, no céu!!!!
( Uma Alma Feminina.)
Tata Junq


Enviar um comentário