quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Na saudade ...Plantações.




Plantei sementes de flores
e
nasceram
amores.
Plantei sementes de amores
e
nasceram
pés-de-jatobás,
mangueiras,
jabuticabeiras,
parreiras,
amoreiras,
cafeeiros,
laranjais,
goiabeiras,
mamoeiros,
milharais,
...
surgindo as lembranças,
em frutos,em frutas,
de membros-familiar.
A cada delícia,saboreio,
saudade.
E as flores mais belas,
 dos maracujás?
Fascinam-me.
Cresciam num muro,da Vila,onde morávamos.
Eu era tão pequena,ainda...
Nas horas que podia,
esticava o corpo,espiando-as.
Um dia,houve um muro,
pai!
Nós o rompemos,
criamos ponte.
E as flores,
resgataram tempo-distância,
perdões,
amor.
Eu ainda as olho,
maravilhada,
com doçura-saudosa.

Tata Junq
Enviar um comentário