sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Tempo. Pensamentando & Fotografando.




                                                   (By Tata Junq)                                      

*****************************************************************

Quem questiona o tempo?
Tempo inventado?
Invertido?
Sem existência?
Teorias?
Uma observação:


****  { Viagem no tempo
Algumas teorias dizem ser possível viajar no tempo e isso poderia ser feito, pelo menos, de duas formas. A mais “simples” seria congelando o seu corpo para só ser descongelado no futuro, ao estilo Philip J. Fry, do Futurama. A segunda seria pegando uma carona na Teoria da Relatividade de Einstein. Segundo essa teoria, seria possível fazer viagens para o futuro com a dilatação do tempo obtida viajando a velocidades próximas à da luz. E tem gente realmente acreditando que isso será possível em breve. O professor da Universidade de Connecticut (EUA) Ronald L. Mallett ficou famoso em 2006 por seu projeto baseado em um conjunto de raios lasers em forma de espiral que teriam potência suficiente para deformar o espaço-tempo, permitindo a viagem para o passado e para o futuro. 14 de dezembro de 2011) }

Bom ... se vou pra passado ou futuro,é relativo.
Nem é preciso ser cientista.
O pensamento,tudo pode,quando criativo.
Mas o tempo que nos pauta,esse voou,de fato.
2014,passou rapidamente.
Os anos passam rápidos ... por conta de nossas vidas atribuladas?
Percepção,apenas?
Este ano,sem travas,está terminando ...para quem vivo,lógico.
Ou tem morto vivo em outra dimensão?
Ou há réplicas dos vivos ,supostamente mortos?
Afffffffffffffffff ... dá nós nas idéias,de nós ...rsrsrs ...
Toda essa lambança explicativa,que nada explica .... rsrsrs ...
remete-me aos meus comportamentos.
Se o tempo voou,eu também criei asas.
Voei!
Daqui,dali,acolá ...
Na coragem,sai da cela ... deixei  a somatização das doenças,nas gavetas,com lacres. Dei umas belas bananas aos médicos e hospitais ... e caí nas estradas ...
É pois,não morri ainda ....
kkkkkkkkkkkkkkkkkk .... vivo!
O tempo passa, eu também,e atravesso.

Tata Junq


Enviar um comentário