segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Poetando-proseando : Faz-me!




Sou capaz de sorrir,se você adentrar à minha sala,se houver tempo.
Melhor que nem dê. 
Surpreenda-me com seus beijos,seus lampejos,
suas carícias a saciar meus desejos.
Seja ciclone,arremessando-me ao leito.
Seja almofada macia,para recostar-me,no depois.
Seja boca miúda,beijando-me a face,tirando-me sorrisos.
Seja você,que serei eu.
Sejamos.
Agora,pra num depois,relembrar e sonhar,com você voltando.
Porque a graça está, em você voltar,diferente do ficar.
Faz-me sombra com sua luz.
Faz-me vida e me seduz!

Tata Junq
Enviar um comentário