quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Poetando & Musicando & Fotografando: Resistente.






Pela janela,
uma tarde,
morna.
Uma alma,
nem
morna,
nem quente,
resistente,
sobrevivente.

Tata Junq




Enviar um comentário