domingo, 5 de outubro de 2014

Pensamentando a vida ...EUS,MENINAS.

                  (Eu,menina.)
                      ( Eu,menina-idosa ... rsrs ...)

Nesta semana,queimei a mão.
Hoje bati o braço,o mesmo que estava imobilizado ...e furou,sangrou.
Ahhhhhhhhhhhh ... que saudade dos meus tempos de menina!!!!
Vivia quebrada,de joelhos esfolados,roxos pra todos os lados ... e nem ligava.
Corria,jogava queima,andava de bike,jogava tamborel,peteca,fazia barcos de papel e os colocava a flutuar nas sarjetas,vertentes d'água.
Ia à missa nos domingos,desfilava na praça de branco e chapéu,em procissões do
Colégio.Em desfiles,levava bandeira,toda orgulhosa.
Tudo muito bom,pra dedéu!
Até o descortinar de véu!
Aí em rebeldias,carreguei valentias.
Adolesci,menina em sonhos e descobri meu primeiro amor e dor.
Amei. Amei,amei,amei,amei e amei.
E,amo,e amo,e amo e amo e amo ...
Comi flores,menina. E, vomito flores,idosa.
O tempo,correu. Corre.
Eu?
Devagar,sem ter pressa,tento pará-lo,ou que ele diminua a marcha,pra eu ter tempo.
O tempo que cabe no tempo,em tempo.
A razão me diz,tenha calma.
O emotivo diz,derrama! Transborda,é agora!
E eu,amo.
E,amarei,amarei,amarei,amarei ...até quando der.
Meu coração, é menina-criança,bobinho,de esperanças,carregado de flores em lembranças ...e,atuante-moleca.
(É sempre amor,mesmo em dor.)
Que meleca!!!!!
Tata Junq
Enviar um comentário