sexta-feira, 3 de outubro de 2014

"Cronicando"a vida.


"Cronicando" a vida.
Como Auto-da -Compadecida,subjugo as dores,de agora.
Dores físicas,emocionais,misturadas,num mix,sanguinolento,cruel.
( Com ou sem exagero... rsrs...)
Parece que o frio de hoje,enrijece meus músculos,comprometendo minhas polineuropatias, diabética.
Poli,prefixo grego,e chato!
( Neste caso.)
Queria mesmo era estar em abandono,no aconchego de seus braços ... tudo,poli,  beijos,afagos ... ternuras,olhares adocicados ... pele na pele,e ...
Ahhhhhh ... no depois,recostar-me em seu peito,roubar seu calor,sentir a segurança de seu braço ...
Saltam idéias mirabolantes,nas letrinhas do teclado,em minha cama,meu reinado.
Queria,porque queria,estar agora ao seu lado.
E na rima toante,vou deixando meu semblante,cansado.
Amanhece,tenho fome,frio,sono e desejo,pelo menos,de seu olhar.

Tata Junq

Enviar um comentário