sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Pensamentando ... O abraço necessário.


Abracei o espantalho,com vontade.
Espantar os medos,todos,era preciso.
Espantar os pássaros que ceifavam meus sonhos,inclusive.
Entre flores,espinhos,o meu espantalho-mente,ativo,perfeito.
Companheiro,companheira,enfim ... sei lá.
Basta-me,ainda.
Basta-me ainda ...
Tata Junq
Enviar um comentário