quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Todo mundo,viu e deu pitecos ... crônica intrometida.





( Imagem do Google,tem assinatura a tela.)

" Quais-quais-quais no ouvido",a imagem,depois do relato,faz sentido.
(risos)

Espia.
Vê o quê?
Vê ao longe a curva do tempo?
Deixou-os para trás.
Ou  foi à frente e ele ficou ?
Ela ficou, ele foi?
Nem sequer notícias.
Morrer não morreu,notícias ruins chegam rapidamente,dizem ...
Um começo,sem meio e nem fim.
Estranho,estar estranha,no entanto.
Deveria ter esperado por isto.
Nem:minimamente,um até um dia,ou nunca mais.
As pessoas correm,viram à direita ou esquerda ...nem vão reto,para não serem vistas ou seguidas.
Deve ter entrado numa ruela qualquer,ficado atrás do muro de tijolos, já que os de concreto-vazados,se não forem assentados e cimentados, deixam transparências.
Poderia tentar descobrir vestígios,mas seria de uma inutilidade,lastimável.
A sabedoria ,diz a ela: - deixa quieto!
(Em linguagem jovial.)
E,prosseguindo com a linguagem e vivência jovial, "a fila anda" ... rsrs ...
No mínimo a dele andou ...
Faz parte.
E, como num Carnaval- antigo,as serpentinas e confetes,futilmente jogados, já foram varridos pelos garis,nem reciclados serão.
Inúteis e vãos!
Vãs promessas,vazias.
Não deu mole,não facilitou e alimentou sonhos eróticos ...
Não foi vulgar-atrevida ...
Chá do sumiço!
(Depois do deixa disto.)
Ou, de bela virou fera?
Ou é bem feia de manhã?
(risos...)
Na noite?
( Risos,novamente.)
Viram-se em míseros minutos,o suficiente para bater martelo,pá!
Imagem vendida,pra museu!
Hahahahaaa ...
E,aí escafedeu o fulano,que agora é ciclano,que disse ter pedido aparelho celular e internet,que resolveu encrencar ...tudo isso pra rimar...
Quer me enganar?
Pobre morena!
De tanta ilusão,virou pequena flor-de-vaso,num canto.
Eu a vejo,espiando o celular.
Vá sê burra pra danar!!!
Parece "mulher de malandro,que gosta de apanhar" ...
Quer saber? Que tenho a ver com isso?
Muita vezes ouvi a amiga Tereza dizer, que ia se ferrar ...
Sei da história,mas não conheço o fulano,sequer sei de sua fuça de lobo.
Deve ser um calhorda,ladino,feio pra danar.
Só posso ficar em desejos secretos,malignos ...
Tomara que se foda de verde e amarelo,bem brasileiro.
(risos.)
Acho que deve ser político,o safadinho.
E se for ...ahhhh...e se for ...se fuuuuuudeuuuuuuuuuuuu ...a jovenzinha,já com seus cinquentinha.
E,pedindo ajuda a um coro,
- Denunciaaa ...denunciaaaa...denunciaaaaa!!!!
Ajoelhou,tem de rezar,cara!!!!
E  se duvida do relato,desta cronista,que ainda "tira um barato",vai cagar no mato!!!
( Risos,novamente.)

Tata Junq


Pensamentando,criando idéias e imagens.(Rainha.)



Olhei para o céu,choroso.
Sorri.
Deixei suas lágrimas banharem meu rosto,
num frescor necessário.
Pés protegidos,pisei nas poças d'água,como menina irriquieta.
Minha alma ,pulou amarelinhas,correu rodopios,e no esconde-esconde,adormeceu.
Sonhei,barco-à-velas,desfraldando ao vento,
cabelos chicoteando,olhos apertados das pressões do vento...
E, mesmo assim,vi as gaivotas,os peixes ... as ondas que se agigantavam ...
Meu coração-vagabundo,bateu lento.
Eu e o vento..
Vento e eu,sozinhos na amplidão.
E fomos...ao infinito,dos desejos mais íntimos,onde coube você.
( Tocando e ajeitando meus cabelos,sorrindo e apontando para o Sol,
que nascia pra nós.)
Sem lágrimas de chuvas,agora. Somente o morno calor do Sol-nascente,e de suas mãos.
Pleno dia,plena de mim,pleno você ... plenamente,felizes.
No jogo do tabuleiro,ouso ser rainha,de um grande rei.

Tata Junq

Do Projeto,Palavras ao Vento: Transparências.


E a flor-reflexa,explode em cores,espelha-se na magia de ser.
Eu cá a espio.
Encanta-me sua beleza,na transparência d'água.
E penso ... nas pessoas, nas transparências em ações,e também no que são reservas,escondidas.
Costumo dizer,que"pago alto"por minhas transparências ... mas me orgulho delas,gostem ou não.
Creio ser um lírio.
( Imagem.)
E recordo-me da CITAÇÃO BÍBLICA,que deixo aqui,como REFLEXÃO,independentemente da religiosidade,de cada um.

Mateus 6

1 ¶ Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; 
aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus.
2 Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já 
receberam o seu galardão.
3 Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;
4 Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo 
te recompensará publicamente.
5 ¶ E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas 
sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo 
que já receberam o seu galardão.
6 Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que 
está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.
7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito 
falarem serão ouvidos.
8 Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de 
vós lho pedirdes.
9 ¶ Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
10 Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
11 O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
12 E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
13 E não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e 
a glória, para sempre. Amém.
14 Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos 
perdoará a vós;
15 Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não 
perdoará as vossas ofensas.
16 ¶ E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque 
desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo 
que já receberam o seu galardão.
17 Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto,
18 Para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.
19 ¶ Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os 
ladrões minam e roubam;
20 Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os 
ladrões não minam nem roubam.
21 Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
22 A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu 
corpo terá luz;
23 Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que 
em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
24 Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se 
dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
25 ¶ Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de 
comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. 
Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?
26 Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e 
vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
27 E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
28 E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
29 E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer 
deles.
30 Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, 
não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
31 Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
32 Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que 
necessitais de todas estas coisas;
33 Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão 
acrescentadas.
34 Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si 
mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
( Pesquisa no Google.)
**** DESEJOS DE BONS DIAS,REGADOS DE TRANSPARÊNCIAS!!!!!

Tata Junq

Do Projeto,Palavras ao Vento:Imagem.

                                            (Imagem do Google)

O belo? O feio?
Conceitos apenas.
Bom mesmo,seria a alma feito espelho!
Bom dia,todo o dia,Criaturas,de qualquer lugar do Planeta!
E,se passou por aqui,sorriso meu de encontro ao seu.

Tata Junq


quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Pensamentando & Fotografando ... Memórias,não necessárias.

                                          (Click da Tata Junq)

Coleciono malas,malinhas,baús,caixinhas ... e, Memórias.
Há memórias,guardadas às sete chaves.
Muita vez,melhormente,não tê-las.
No entanto,sou um baú,qualquer ...e se por ventura,tiver de revirá-lo,sai de baixo!
Há de se convir,muitas vezes,deixá-los trancafiados.
Pra quê revirar passado?
( Se o importante é o presente.)
E, o presente é caixinha dourada,prazer instantâneo.
E,virará baú,no entanto.
Quero o brilho do agora!
Tata Junq

Memórias antigas,além.( Projeto Novo)

Até onde o olhar alcança?
Meu é míope,defasado,cada vez,piorado.
Mas vezes imagino-me sem visão, quão terror,seria.
Então aproveito cada segundinho de alcance ...
Queria ter o baú-mágico, íntegro, e em depositando cada registro,
perpetuá-los.
Mas cérebro morto,rei posto.
Queria estar num lugar assim ... subir e passar cada obstáculo,entre flores,sonhar com amores e chegar num onde,encontrar a porta aberta,e mesmo no vazio,perceber sorrisos, como se regressasse ...
Olhar pela janela,ver o balançar das copas das árvores,escutando o canto dos pássaros ... escutar o ranger do balanço, o riso de uma criança,ver suas tranças no ar ...
Sentir o aroma do café a exalar na casa,ouvir as águas das rodas-moinhos ... e, saber de sua chegada,o saltar do estribo,o olhar amigo,o abraço da mãe,que correu,tirando o avental ... o cão farejador a postos,esperando ser convidado a entrar.
Olhar você,meu irmão,com saudade imensa e ter toda recompensa,de poder estar, poder sentar ao seu lado,escutar suas histórias e segredos guardar ...

Tata Junq

(Imagem retirada do Google.)

terça-feira, 23 de setembro de 2014

A Natureza,ensina-nos.





A imagens dizem tudo!
Sensibilizo-me ao vê-las.
Junq

Do Projeto,Crônicas Esparsas: Olhar"bandido".

                                              Mulher lendo na praia. Newer Older. Ilustração Michael Preston.


Ela seguiu rumo ao Sol, cadeira na mão direita,chinelos sujos de areia ...
Sentou-se,sem muito escolher lugar.
Queria estar isolada.
Mas uma bola certeira,quebrou o silêncio e compenetração de sua leitura,
Era de uma garotinha risonha,que perdeu sua bolinha colorida.
E,foi buscá-la,com a inocência nos olhos e alma.
Os olhares foram cruzados!
Um de fúria,outro feliz.
O olhar feliz,não se abalou com o furioso-inquieto.
A garotinha,pegou a bola e continuou nuns passinhos ligeiros.
A mulher mal-humorada,continua de cara fechada.
Eu a observo,julgando a cena.
( Na torcida,para que uma nova bola chegue,com mais ímpeto,a que rola no campinho delineado por alguns homens ... kkkk...)
Maldade?
Então ... já estou de saída ... não vou cruzar meu olhar ao dela ... fica tudo ao acaso ...
E no caso,meu bom humor permanece,e rio de meu desejo tão contundente e,
quem sabe,seja um "massa-sarado" a recolher a bola ... e, que ela sorria pra ele.
(...  KKKKKKKKKKKKKK  ...)
Tata Junq

Poetando às avessas & Ilustrando & Musicando

                                          ( Imagem do Google.)
Sou primavera-partes,
qual quebra-cabeças.
Doce flor,que já murcha.
Olhar distante,triste.
Num tempo, 
que me inverna.

Hoje não quero Sol na janela,
nem flores balançando ao vento.

Só dilacerar a dor,
sem machados de corte.

Colher a chuva,
cá dentro do peito,
soluçando,lágrimas.

Um olhar,
perdido,
no 
nada.

Assim,
sem
motivo.

Assim,
assim,
assim,
assim ...

Daí?
Daí,nada!!!!

Tata Junq

( Em sendo nostálgica ... com esse "gênio",agora estou, só por agora ...)

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Senti e ponto. ( Para meu amigo,Luiz)Pensamentando & Musicando & Fotografando

Raridade para colecionadores! Gravação original desta clássica canção praieira, feita na Columbia, futura Continental, em 7 de novembro de 1940, com lançamento em dezembro seguinte, disco 55247-A/B, matrizes 328 e 329, em duas partes. No acompanhamento, a orquestra do maestro Lírio Panicalli (Queluz, SP, 1906-Niterói, RJ, 1984).

( Uma recordação,de um ícone da MPB)






E no tempo,em tempo,nunca há nada ao acaso,e aprendemos!



RIO & MAR

Quem somos nós,que atravessamos o deserto,pedindo água?
( Sendo águas.)
E há sede de vida.
E a vida dita a sede,em bocas secas,e almas lavadas.
Eu,como rio.
Você,como o mar.
Doce,salgado,sem serem misturados.
Haverá confluências?
Rio que desemboca no mar?
Há uma correnteza,que segue fluxo,mansa,sem pressas.
Quem somos,no entanto?
A que viemos?
Vim de longe,nascente.
Você,amplo mar.
Misterioso mar.
(Mergulham,submergem sereias,Netuno.
E Netuno é rei absoluto e cala as sereias.)
Você o abriga e quieta-se e faz-se ondas, desiguais,ora gigantes,ora mansas,sequenciais.
Você é mar,seus olhos,azuis-mar.
Profundo mar.
Imperioso, mar.
Doce,mar.
Rompante,mar.
Inquieto,mar.
Orgulhoso,mar.
Impiedoso,mar.
Choroso,mar.
Mas mar,que faz fronteira com o infinito horizonte,e espelha o Sol ou Lua.
Vezes,numa transparência suave,vezes inquieto,profundamente perdido.
Doce mar,salgado mar,corpo-mar,alma-mar,dualíssimo,
que pede socorro no olhar.
Eu, rio,que já foi revolto,impulsivo,louco ... hoje cauteloso,claro e manso.
Caminho em margens,e sei que adentrarei em ti.
Por quê?
Não sei.
Talvez esteja escrito.
Somando um pouco de cada um,seguindo curso,aconchegadores de outros rios e mares,com algum sentido.
E no seu doce abraço,senti e sei que não serei rio,sozinho.
Não seremos águas insalubres,saberemos como matar sedes.
Mar,rio.Rio,mar.
SERENOS.
Tata Junq

**** Conjecturas,que não perdidas,na lembrança de seu olhar,que não ficou perdido nas palavras,trocadas.
22:49
18/09/2014
Bertioga.
                                     ( Click da Tata Junq / Bertioga /20/09/2014 / Uma tarde chuvosa.)

Tudo certo,como dois mais dois,são cinco! (rsrsrs...)

                           ( A imagem tem "dono", vide assinatura.)


EM MEIO AO CAOS,                                                                                  

DES +  DEM                                                                                               

À

       O
 R                                                                                                      
        D                                                                                                    
                      E                                                                                                  
                                         M                                                                                              
D
E
S
O
R
D
E
M

Tata Junq      

domingo, 21 de setembro de 2014

Musicando a vida... "HIPNOTIZADO" ( Recebi e partilho.)


Hipnotizado
I pegar os seus olhos, tente não sorrir
I acompanhar o seu estilo eu sinto suas vibrações
Temos uma bebida, em seguida, ir para fora
Fale um pouco e depois nos beijamos
E então nos beijamos ... x2

Nós jogamos o jogo que começar a se mover
Eu sinto meu coração você sente a bit
Eu pego sua mão você desligar lento
Começamos a sentir É hora ... de ir.

Hoje à noite lua ele vai bater o céu
E não é nenhuma surpresa que eu acordar com você
Direito não deve comprometer, eu não tenho que pensar duas vezes
O que fazer ...

Você me pegou x3 hipnotizado
Então você sabe o que fazer
Você me pegou x3 hipnotizado
Então você sabe o que fazer

Por isso, deslize para a noite e para o fluxo aberto selvagem
Oh olhos stary você me ver brilhar assim eu esconder ou será
Mostro
Você me vê dançar Eu sinto você se mover
Você me puxar perto nada a temer
Nós afastou fora, sonha de lado até que caiamos em
a luz

Hoje à noite lua ele vai bater o céu
E não é nenhuma surpresa que vai acordar com você
Direito não deve comprometer Eu não tenho que pensar duas vezes
O que fazer ..

Você me pegou x3 hipnotizado
Então você sabe o que fazer
Você me pegou x3 hipnotizado
Então você sabe o que fazer ...


****Achei genial!
Junq

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

APOLO,MITO. & Música & Imagem & Pensamentar da Junq & Texto Camoniano & etc,e tal.


( Imagem retirada do Google.)

Cquote1.svgDeixa, Apolo, o correr tão apressado,
Não sigas essa Ninfa tão ufano,
Não te leva o Amor, leva-te o engano
Com sombras de algum bem a mal dobrado.

E quando seja Amor será forçado,
E se forçado for, será teu dano:
Um parecer não queiras mais que humano,
Em um Silvestre adorno ver tornado.

Não percas por um vão contentamento
A vista que te faz viver contente:
Modera em teu favor o pensamento.

Porque menos mal é tendo-a presente,
Sofrer sua crueza, e teu tormento,
Que sentir sua ausência eternamente.
Cquote2.svg

— Camões, Soneto XXXXIX, centúria III

***************************************************************************



Se Apolo surge na Literatura,se através de Homero, seja ele retratado como for,ou por quem for ...
Nada há de comum no que vou tentar definir agora ...
Longe de mim,ser também um " Camões-de-saia" ....
(kkkkk ....)

A VC, ROBERTO!

A flecha do arqueiro serpenteou o ar,o mar-de-meus pensamentos,
sem acertos de vingança.
Não matou Piton,mesmo porque não sou cobra.
( rsrs ...somente doce-poeta.)
Triscou céu,escrevendo nele,como se tocasse sua lira,doce.
Este,nasceu para edificar suas musas.
Não é aprendiz de poeta,é um poeta.
Vem sem pressas ... pé ante pé,sutil ou garboso-valente.
Inebriando a gente.
( Essa é pra rimar ...rsrs ...)
Se temido por outros deuses,não sei,nada sei.
Se infeliz no amor,nada sei também.
Creio que seja possuidor das verdades,um bem construtivo ... bem- bálsamo de corações.
Uma divindade humanizada,protetora.
Profetizador,também?
Talvez ...
Visionário,imaginativo,contemplativo,idealizador ...
Quem pode deixar de notar?
Tal qual o grego,belo.
Meio homem,meio anjo,um inteiro intercessor.
Um arco e uma aljava de flechas em mãos,não o faz vingador.
Não temido, mas amado ... chega bem de mansinho, seu olhar com um quê do pecado.
 Este, Deus-Apolo,Anjo.
(Bom senti-lo por perto.)

Tata Junq

E, na partilha ....