sexta-feira, 15 de agosto de 2014

(Resgate do Orkut ... O LUAR.) & Poetando a Prosa ... O Desamar,de ré. & { Uma homenagem,à moda antiga,RAÍZES: LUAR DO SERTÃO.}

O LUAR / Registros (12)
Data de criação: 7 de julho de 2009 - Última atualização: 7 de novembro de 2009
Magia, encantos ...ângulo astuto ou sensível de um olhar.Visão que fala aos poetas, que inspira os românticos ...orbita, lindamente ...pra nosso deleite. "lua de são jorge lua deslumbrante azul verdejante cauda de pavão lua de são jorge cheia branca inteira oh minha bandeira solta na amplidão lua de são jorge lua brasileira lua do meu coração lua de são jorge lua maravilha mãe, irmã e filha de todo esplendor lua de são jorge brilha nos altares brilha nos lugares onde estou e vou lua de são jorge brilha sobre os mares brilha sobre o meu amor lua de são jorge lua soberana nobre porcelana sobre a seda azul lua de são jorge lua da alegria não se vê o dia claro como tu lua de são jorge serás minha guia no brasil de norte a sul." {LUA DE S.JORGE/CAETANO



                                                      (Numa estrada... meu "click".)



                                                       ("Click"meu em Parati.)


E


**********************************************************************


Agora, 23:38, dia 15/08/2014

                                      ( Imagem do Google)

* De Ré  *


 Eu queria ter pernas compridas para alcançar o céu.
Viajar nas nuvens ...
 Ir ...
Alcançar o Infinito,nada finito,seu amor.
Contemporizador,
qual Lua,de brilho,
na 
sonata,
do meu.
Qual sinfonia,
de violões,
violinos,
clarinetas,
e jardim-jasmim.
E no sentido tátil,
palpar seu corpo,
beijar seu rosto,
perdida num
olhar-de-brilho-luar.
Sugar
seu sopro,
ao tocar
sua 
língua.
E,
amar,
amar,
amar,
amar ...
Mas...
minha nuvem 
é algodão doce,
derretido,
sem cor ...
sem sabor,
perdida no
desamor.
E qual pára-quedas,
sem abrir,
vento
corta
minh'alma,
e caio,
caio,
caio,
sem graça,
na praça
e
sumo
qual
fumaça,espalhada
aos cantos,
todos,
esparsa.
Quem sou eu?
Quem é você?
Quem somos nós?!
Senão,
uma voz,
revestida 
de palavras,
inventadas.
Senão ...
Sem porquês.
Sem ecos.
( Uma Alma Feminina.)
Tata Junq


E a VIDA canta ...na saudade ...
Enviar um comentário