segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Pensamentando ...


Se não retratei,algum impedimento houve ...
E, na certeza,num tempo de proximidades,uma "improximidade" revestiu-me.
Houve um tempo ... 
Distante,esquisito,desgastante,decepcionante,sem registros,
que alardeia:
- Não o repita!!!!
E, quer saber?
Muito tola seria,se permitisse um novo desconforto.
Assim penso à respeito das pessoas,que cruzam nossos caminhos ...
( Há chances para mostrarem outro perfil ... mas o que ficou registrado,jamais será mudado ... como vidro de janela,trincado,que vaza o frio.Troca-se.
Porém,sabemos,que daquele lugar,um dia,ou por vários dias,a friaca de um desconforto,existiu.)
E,permito-me,janelas abertas,com ventos frios,de meus espaços físicos,tão somente.
Se não registrei,hoje não tem graça clicar ... perdeu-se foco,luz.
A ausência das fotos ...
Ahhhh a vidaaaa!!!
Quanto aprendemos! 
Tata Junq
Enviar um comentário